Nome do Projeto
Influência da atividade física e do tempo de tela no desenvolvimento na primeira infância
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/11/2019 - 28/02/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva
Resumo
A primeira infância é um período crítico/sensível do desenvolvimento(1). Estimativas recentes sobre o desenvolvimento infantil indicam que cerca de 43% de crianças menores de cinco anos que vivem em países de baixa ou média renda estão em risco de não atingir seu potencial(5). Estima-se que cerca de 80 milhões de crianças em idade pré-escolar não estão atingindo metas básicas relacionadas a habilidades cognitivas ou sócio emocionais(4). Essas habilidades podem ser influenciadas por fatores intrínsecos (como genética ou aspectos biológicos) e extrínsecos (relacionados a comportamentos, interação com pais e outras crianças, e também o ambiente que estão inseridos)(3). Dois fatores extrínsecos importantes são a prática de atividade física e o tempo de tela. A prática de atividade física está relacionada não só ao desenvolvimento das crianças na primeira infância(8), mas também à saúde de uma maneira geral, tanto nessa faixa etária (6) ,quanto na idade adulta(25). O tempo de tela parece também ser um fator importante na vida das crianças, visto que está aumentando e possui efeitos tanto positivos, quanto negativos, em relação ao desenvolvimento(11, 12). Considerando a importância e o impacto de crianças que não se desenvolvem de uma maneira adequada, para as populações e saúde de uma maneira geral, o desenvolvimento infantil está como um dos fatores citados nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU para 2030, que especifica no seu item 4.2: “Até 2030, garantir que todos as meninas e meninos tenham acesso a um desenvolvimento de qualidade na primeira infância, cuidados e educação pré-escolar, de modo que eles estejam prontos para o ensino primário”(22). Vale ressaltar que a literatura sobre o tema ainda é escassa, por ser uma área que é estudada há pouco tempo. Além disso, os estudos encontrados em sua maioria possuem caráter transversal, com poucos participantes e medidas subjetivas em relação à prática de atividade física e tempo de tela, indicando que estudos longitudinais, com amostras grandes e medidas objetivas serão de grande contribuição para a área. Sendo assim, investigar fatores associados ao desenvolvimento na primeira infância, especialmente comportamentos que tendem a se reproduzir na vida adulta, é de extrema importância para compreender seus efeitos no desenvolvimento, assim como possibilitar a formulação de possíveis intervenções visando garantir que todas as crianças atinjam seu potencial.

Objetivo Geral

Geral

Avaliar a associação entre atividade física e o tempo de tela no desenvolvimento de
crianças aos 48 meses de idade das Coorte de Nascimentos de Pelotas, RS.

Específicos

- Verificar associação entre tempo assistindo televisão e desenvolvimento aos 48
meses na Coorte de 2004 e 2015;
-Avaliar diferença entre tempo de tela entre as Coortes de 2004 e 2015;
-Verificar a associação entre tempo de tela e o desenvolvimento aos 48 meses nas
Coortes de 2004 e 2015;
-Avaliar o efeito da atividade física aos 12, 24 e 48 meses sobre o desenvolvimento
aos 48 meses.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
OTÁVIO AMARAL DE ANDRADE LEÃO401/11/201928/02/2022

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CNPqR$ 97.431,00
Wellcome Trust FoundationR$ 7.113.000,00

Página gerada em 03/07/2022 05:38:19 (consulta levou 0.040272s)