Nome do Projeto
Expressão de um antígeno recombinante de Haemonchus contortus em Escherichia coli
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/12/2019 - 01/02/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Resumo
O Haemonchus contortus é o hematófago causador da hemoncose em pequenos ruminantes, sendo considerada a doença parasitária de maior relevância econômica nesses animais, por acarretar diminuição na produção de leite e carne. O H. contortus é capaz de desenvolver resistência contra diferentes classes de drogas anti-helmínticas. A abordagem da vacinação atual é direcionada para o uso de vacinas de subunidade desenvolvidas a partir de proteínas do intestino do parasito. A problemática encontrada é que, apesar de induzir uma resposta imune adequada, o processo para seu desenvolvimento é oneroso. A produção de proteínas recombinantes foi uma das alternativas encontradas, contudo ainda não é possível o desenvolvimento de um produto satisfatório devido à complexidade das modificações pós traducionais e antígenos secundários relacionados com as proteínas nativas. A bioinformática traz o uso de ferramentas para identificar epítopos imunogênicos através de análises in silico, possibilitando a identificação de novas moléculas como alvos vacinais. O projeto tem como objetivo realizar a clonagem, expressão e caracterização de uma proteína recombinante composta por regiões imunodominantes de um antígeno de H. contortus e avaliar sua atividade. Será realizada a construção de um plasmídeo através da ferramenta Vector NTI (Invitrogen) utilizando sequências identificadas pela ferramenta IMMUNORANK. Nela o genoma do parasito será analisado quanto as características referentes quanto a: epítopos de célula B; epítopos de célula T CD8+ e TCD4+; proteínas intrinsecamente desordenadas; repetições; regiões de baixa complexidade; peptídeo sinal; hélice transmembrana; ancoragem por GPI; similaridade com proteínas do hospedeiro, com priteínas de outros patógenos e proteínas sintéticas; N-Glicosilação e O-Glicosilação. Após a escolha das melhores regiões que poderiam compor um potente imunógeno, a sequência selecionada será enviada juntamente do plasmídeo pAE para síntese. O plasmídeo sintético será utilizado para transformar diferentes cepas de expressão disponíveis no banco de cepas do Laboratório de Microbiologia do CDTec - UFPel para avaliar a mais eficiente. O resultado da expressão será sujeito as técnicas de SDS-PAGE e Western Blot para caracterização molecular da proteína. A avaliação da atividade antigênica será realizada em modelo murino, com a imunização dos animais para avaliação do título de anticorpos pela técnica de ELISA e análise do perfil de citocinas por qPCR.

Objetivo Geral

Objetivo geral:
O presente trabalho visa realizar a clonagem, expressão e caracterização expressão de uma proteína recombinante composta por regiões imunodominantes de um antígeno de H. contortus denominada Hc1no sistema de expressão Escherichia coli, e avaliar sua atividade.
Objetivos específicos:
- Analisar diferentes cepas de E. coli para a expressão do antígeno recombinante Hc1;
- Otimização do tempo de indução da expressão;
- Caracterização da proteína recombinante;
- Avaliar a antigenicidade e a antigenicidade da molécula.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
NATÁLIA BERNE PINTO101/12/201901/02/2022
PEDRO MACHADO MEDEIROS DE ALBUQUERQUE1001/12/201901/02/2022
RENAN EUGÊNIO ARAUJO PIRAINE101/12/201901/02/2022
RODRIGO CASQUERO CUNHA101/12/201901/02/2022
VITÓRIA SEQUEIRA GONÇALVES101/12/201901/02/2022

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPES/PROAPR$ 8.000,00

Página gerada em 02/07/2022 08:39:28 (consulta levou 0.163049s)