Nome do Projeto
Isolamento de leptospiras em frigoríficos de Pelotas/RS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2010 - 01/03/2016
Unidade de Origem
Resumo
A leptospirose é uma doença tropical emergente negligenciada. Para a agropecuária, a enfermidade causa grande impacto econômico, resultando em graves prejuízos para os produtores e, conseqüentemente, para a economia do país, devido principalmente aos transtornos produtivos e reprodutivos nos animais de produção. Dados oficiais referentes à ocorrência da enfermidade em animais no Brasil ainda são escassos. A prevalência sorológica em animais é estimada em torno de 35%, sendo que mais de 80% das propriedades rurais podem apresentar casos da doença. Além disso, estudos revelaram que 5 a 10% dos trabalhadores de frigoríficos possuem anticorpos contra sorovares leptospirais, confirmando a importante relação ocupacional de veterinários, magarefes e produtores rurais com a enfermidade. Neste contexto, estamos propondo o isolamento de leptospiras de bovinos, suínos e ovinos abatidos em frigoríficos do município de Pelotas/RS. Assim, este estudo possibilitará a execução de estudos sorológicos e epidemiológicos nos rebanhos da região, além de contribuir para o teste e o desenvolvimento de vacinas contra a leptospirose animal.

Objetivo Geral

Isolar leptospiras em animais abatidos em frigoríficos da Região de Pelotas, RS; Isolar leptospiras dos rins de bovinos, suínos e ovinos abatidos em frigoríficos da Região de Pelotas, RS; Isolar cepas pertencentes aos sorovares Hardjo, Pomona e Bratislava, importantes causadores da leptospirose animal no Brasil e no mundo; Classificar as leptospiras isoladas utilizando o seqüenciamento de DNA.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
01
01
03
12
12
20
FERNANDA ENDLER VALIATI1201/08/201231/07/2013

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 2.300,00

Página gerada em 16/12/2018 23:37:29 (consulta levou 0.078941s)