Nome do Projeto
Dinâmica sazonal de produção de forragem e da passagem de nutrientes pela cadeia solo-planta animal em áreas de campo natural na região agroecológica e ecoclimática Campanha – RS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
23/09/2010 - 23/01/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Zootecnia
Resumo
Resumo: A área do Estado do Rio Grande do Sul abrange aproximadamente 266.000Km2 (MOHRDIECK, 1993). Desta área, cerca de 60% (158.600Km2), ou seja, mais ou menos 16 milhões de hectares, são compostos por campos naturais (MEDEIROS e FOCHT, 2007), os quais representam a principal fonte alimentar do rebanho bovino de corte e ovino gaúcho (GONÇALVES, 1999). Assim, a exploração da bovinocultura de corte no Estado, com cerca de 13 milhões de cabeças, e a ovinocultura com cerca de 3,5 milhões de ovinos (ANUALPEC/FNP, 2009), é realizada no sistema denominado tradicional, no qual predomina a criação extensiva de animais sobre campo natural (SAPPER, 1995), cuja característica de produção é uma marcada sazonalidade na oferta de alimentos, ocorrendo assim ciclos de abundância e carência alimentar, mesmo em épocas consideradas como de maior produção (ALFAYA et al., 1997a). Em decorrência da estacionalidade na produção das pastagens naturais os animais criados no sistema extensivo apresentam baixos índices de produtividade. Devido à impossibilidade da transferência de conhecimentos de região para região, em função das distintas características (fertilidade do solo, vegetação, clima), é necessário o desenvolvimento de estudos sobre o sistema solo-planta-animal em diferentes microrregiões. Assim, o presente projeto tem por finalidade dar continuidade a uma série de avaliações em solos não perturbados, vegetação e desempenho animal em áreas de campo natural, já realizadas nas regiões da Campanha Meridional, Serra do Sudeste e Litoral – Sul. Serão avaliadas quatro áreas nas regiões da Campanha Central e Meridional, com distintas características de solo e vegetação, quanto à produção e qualidade sazonal da pastagem, composição florística, bem como a dinâmica da passagem de macro e microminerais na cadeia solo-planta-animal.

Objetivo Geral

Os objetivos do presente projeto são:
1. estudar a dinâmica anual de desenvolvimento (produção e disponibilidade) da forragem de campo natural;
2. caracterizar a composição florística das áreas estudadas;
3. avaliar a qualidade nutricional da forragem de campo natural;
4. estudar a dinâmica sazonal dos macro e microminerais no sistema solo-planta-animal;
5. avaliar a produtividade dos animais em pastejo nas áreas estudadas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
5
8
10
12

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
EMBRAPAR$ 9.241,00

Página gerada em 15/12/2018 09:36:39 (consulta levou 0.083462s)