Nome do Projeto
Referências arquitetônicas e croquis para a prática de atelier das disciplinas de Representação Gráfica.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
15/10/2010 - 15/10/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo
Resumo
O problema da pesquisa surge da necessidade de reformular a metodologia de ensino desenvolvida nas disciplinas de Representação Gráfica da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFPEL. Atualmente, nestas disciplinas, as referências arquitetônicas são praticamente nulas. Os próprios alunos buscam os exemplos a partir de fotografias de interiores e exteriores, sendo que, muitas vezes, são retiradas de propagandas de cozinhas, dormitórios, etc. Podemos considerar estes exemplos como inadequados tanto para a prática do exercício e, principalmente pela falta de qualidade arquitetônica. Desta maneira, se perde um espaço importante para o conhecimento de projetos do âmbito disciplinar. A pesquisa busca criar um banco de imagens de referentes arquitetônicos que são significativos, tanto no panorama da arquitetura contemporânea, como exemplos que pertençam à história da arquitetura, em particular ao movimento moderno. O objetivo é buscar uma integração dos conteúdos das disciplinas de projeto, teoria, paisagismo e representação gráfica. Além da documentação de obras arquitetônicas, torna-se imprescindível o conhecimento e investigação de diferentes modos representativos, partindo da análise de croquis de arquitetos e sua relação com o projeto arquitetônico. A importância dos croquis ideativos pode ser demonstrada no processo de projeto, bem como a técnica adequada para determinadas investigações. Podemos exemplificar com as aquarelas do arquiteto Steven Holl, que são mais eficientes do que croquis realizados somente com linhas, criando espaços em que os efeitos de luz e sombra são os protagonistas. O conhecimento de croquis, de arquitetos paradigmáticos, ajudará a desenvolver no aluno sua capacidade de expressão pessoal que conformará o seu estilo gráfico. O banco de imagens permitirá a realização de exercícios por meio de cópia de observação, para desenvolvimento das técnicas gráficas e, também a criação de croquis internos e externos a partir de representações bidimensionais dos projetos selecionados. A criação destes croquis também tem como objetivo instrumentar os alunos a realizarem posteriormente croquis ideativos nas disciplinas de projeto arquitetônico e urbano. A seleção dos exemplos deverá responder a diferentes níveis de dificuldade em relação à complexidade formal e espacial dos referentes. O banco de imagens também será composto pela evolução gráfica de alguns projetos de arquitetura com ênfase nos croquis iniciais do processo de projeto, que se configuram como um meio de traduzir as idéias abstratas à idéias de desenho. Consequentemente, as idéias geradoras representadas pelos croquis possuem a capacidade de transformarem-se em um objeto arquitetônico. O objetivo é demonstrar ao aluno a importância da representação gráfica dentro do projeto de arquitetura, incluindo desde os croquis de idéias, que correspondem a etapa inicial do processo de desenho até a sua materialização no projeto.

Objetivo Geral

Trabalhar com referentes arquitetônicos para a prática de atelier das disciplinas de representação gráfica, bem como conhecer e estudar o estilo gráfico dos principais arquitetos modernos e contemporâneos.

1. Criar um banco de imagens de projetos de arquitetura: plantas de implantação, plantas baixas, fachadas, cortes, perspectivas, croquis e imagens fotográficas das obras construídas.

2. Realização de exercícios tutoriais (croquis internos e externos) para serem aplicados nas disciplinas de representação gráfica. Definir o grau de dificuldade do mesmo e em qual disciplina das gráficas deverá ser executado.

2.1. Realizar exercícios em distintas técnicas gráficas de acordo com o conteúdo das disciplinas de representação gráfica. Técnica lápis grafite 6B, lápis de cor, nanquim, aquarela e técnicas mistas, colagem.

3. Os projetos selecionados abarcarão diferentes temáticas, algumas acordes com as desenvolvidas nas disciplinas de projeto arquitetônico, urbano e paisagístico. Exemplos: habitação unifamiliar, conjuntos habitacionais, parques urbanos, etc.

4. Realizar exercícios modelo para servirem de material didático das disciplinas de representação gráfica. Apresentado nas suas etapas de execução.

5. Catalogação dos projetos com dados sobre arquiteto, ano de execução, local, estilística, e um breve comentário sobre o arquiteto e a obra em questão.

6. Material didático. Preparação de aulas em power point sobre representação gráfica e projeto, evidenciando a importância dos croquis ideativos.

7. Realizar artigos sobre representação gráfica a partir da aplicação dos novos exercícios, e temas relacionados a projeto e representação gráfica.
Sugestão de temas a serem desenvolvidos:
Aplicação dos conhecimentos e habilidades desenvolvidas nas disciplinas de representação gráfica na ideação do projeto arquitetônico.
Frank Lloyd Wright na relação entre intenções arquitetônicas e representação das Prarie Houses.
As aquarelas de Steven Holl e espaço construído.
Fotomontagem e representação gráfica em arquitetura.
Desenhos de contornos e sua eficácia no projeto, estudos de caso: Álvaro Siza e Oscar Niemeyer.

8. Confeccionar uma apostila para as disciplinas de representação gráfica a partir do material elaborado.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
8
8
8
8
8
8
8
8
8

Página gerada em 11/12/2018 04:58:23 (consulta levou 0.076746s)