Nome do Projeto
Desenvolvimento de vacina recombinante para controle do Botulismo Bovino
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
22/03/2011 - 22/03/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Resumo
O botulismo é uma das principais causas de mortalidade de bovinos adultos no Brasil, sendo que a vacinação é a forma mais efetiva de controlar tal enfermidade. Contudo, apesar da eficiência, os toxoides botulínicos comerciais apresentam limitações no que diz respeito a sua produção industrial: i- Clostridium botulinum produz baixos níveis de BoNT in vitro; ii- a produção em larga escala é laboriosa, onerosa e sua produtividade dificilmente previsível e; iii- a produção industrial exige a adoção de normas muitos exigentes de biossegurança. Conseqüentemente, existe uma demanda para o desenvolvimento de uma vacina recombinante que poderia minimizar os problemas associados à produção industrial destes toxoides. A presente proposta prevê o desenvolvimento e avaliação de uma vacina recombinante bivalente para controle do botulismo bovino. Tal vacina será constituída por uma quimera recombinante (rLTB-CPRC-CPRD) composta pelos domínios de ligação ao receptor neuronal (CPR) das neurotoxinas botulínicas (BoNTs) C e D fusionados a subunidade B da enterotoxina termolábil de E. coli (LTB), um potente adjuvante da resposta imune humoral. Tendo em vista que a proteção contra o botulismo é totalmente dependente da presença de anticorpos neutralizantes anti-BoNT no soro do animal no momento da ingestão da neurotoxina pré-formada, a avaliação da atividade adjuvante da LTB parece ser estratégica. A rLTB-CPRC-CPRD (vacina recombinante de subunidade) será produzida em Escherichia coli e avaliada em camundongos e bovinos.

Objetivo Geral

Objetivo Geral
Desenvolver e avaliar uma vacina recombinante bivalente para controle do botulismo bovino.

Objetivos Específicos
- Expressar uma quimera recombinante composta pela fusão da LTB com os CPRs das BoNTs C e D (rLTB-CPRC-CPRD);
- Elaborar vacina composta pela rLTB-CPRC-CPRD;
- Avaliar a vacina em camundongos quanto a sua inocuidade, imunogenicidade e potência;
- Avaliar a atividade adjuvante da LTB;
- Avaliar o sinergismo entre LTB e adjuvantes convencionais (óleo mineral e hidróxido de alumínio);
- Avaliar a vacina em bovinos quanto a sua inocuidade, imunogenicidade e potência.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
1
2
2
10
20

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 0,00
CNPqR$ 0,00

Página gerada em 09/12/2018 18:09:51 (consulta levou 0.084841s)