Nome do Projeto
Isolamento de micro-organismos a partir de resfriadores e sua relação com a qualidade do leite produzido na região de Pelotas - RS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
22/08/2011 - 22/08/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Resumo
O leite tem grande importância nutricional, mas também social, gerando milhares de empregos e agregando bilhões de reais ao valor da produção primária. A qualidade do leite que chega as indústrias é determinada pela forma como é produzido e transportado, e esta qualidade é motivo de preocupação principalmente no que diz respeito à saúde do consumidor. A mastite é a inflamação da glândula mamária e pode ser classificada como clínica e subclínica, sendo que a cada caso da primeira estima-se 15 a 40 casos subclínicos. Os patógenos bacterianos podem ser contagiosos ou ambientais dependendo do modo como são transmitidos e o seu controle inclui, principalmente, manejo de ordenha adequado e higiene. Um controle eficaz requer um prévio conhecimento dos agentes etiológicos que estão atuando em um rebanho. Na região de Pelotas, índices de mastite subclínica de 37,69% no ano de 2003 e 37,4% em 2009 foram relatados, sugerindo que nenhuma medida de controle eficaz foi tomada ao passar dos anos. Porém, nesta região não há relatos em literatura científica que caracterizem os micro-organismos mais prevalentes e, este estudo visa isolá-los a partir de resfriadores e estabelecer uma relação com a qualidade do leite produzido. Além disso, servirá de base para o desenvolvimento de vacinas contra mastite.

Objetivo Geral

Objetivo Geral - Conhecer a condição epidemiológica dos principais micro-organismos causadores de mastite bovina no rebanho leiteiro do município de Pelotas.

Objetivos Específicos - Conhecer o nível de tecnificação das propriedades pertencentes à bacia leiteira de Pelotas – RS; Estudar a prevalência dos agentes que mais causam mastite; Analisar a prevalência dos micro-organismos com potencial zoonótico presentes no leite; Analisar o leite das propriedades quanto a sua composição (proteínas, lactose, gordura e sólidos totais), contagem de células somáticas e contagem bacteriana total; Estabelecer uma correlação entre a ocorrência dos agentes etiológicos encontrados e a qualidade do leite produzido.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
02
02
02
02
02
04
04
04
08
MAÍRA SCHEID1201/08/201231/01/2013
MÁRCIA HELENA JORGENS PRADO1201/02/201331/07/2013

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 1.500,00

Página gerada em 16/12/2018 22:37:11 (consulta levou 0.080253s)