Nome do Projeto
Obesidade durante a adolescência e cárie dentária aos 18 anos de idade em uma coorte de nascidos vivos em 1993 de Pelotas-RS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2010 - 01/03/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Resumo
Fatores como dieta, renda, hábitos e comportamentos dos pais e do indivíduo são reconhecidos como contribuintes para o aparecimento da cárie na infância e ao longo da vida. Tem sido discutido na literatura qual seria a influência dos fatores da vida intra-uterina, da infância e da adolescência no aparecimento das doenças crônicas. Dentre esses fatores destaca-se a epidemia do sobrepeso e da obesidade na infância e adolescência e sua associação com doenças crônicas na fase adulta. Alguns estudos em saúde bucal têm avaliado a associação entre obesidade e problemas periodontais, sendo poucos os estudos que abordam a associação entre obesidade e cárie. A maioria desses estudos tem delineamento transversal. O padrão alimentar tem sido identificado como um fator de risco comum tanto para obesidade quanto para a cárie. Estes estudos ainda relatam a importância das variáveis dos primeiros meses de vida tanto para o aparecimento da cárie quanto da obesidade na infância e adolescência. Fatores como, ganho de peso da mãe durante a gestação, educação dos pais e renda familiar são variáveis precoces do início da vida que devem ser consideradas no surgimento de ambas as doença. Entretanto, fatores modificadores presentes durante a adolescência, como melhoria na renda, maior freqüência de visita ao dentista, baixo consumo de alimentos ricos em açúcar podem determinar menores prevalências de cárie na vida adulta. O componente genético parece ser um dos fatores mais importantes para obesidade, embora mudanças no estilo de vida, com diminuição da atividade física e aumento da ingestão de alimentos calóricos, ricos em gordura também se mostrem associados com obesidade. Diante dos poucos estudos encontrados na literatura sobre o tema “obesidade e cárie”, da magnitude de ambas doenças no contexto populacional e frente à possibilidade de reconhecer, por meio de uma coorte de nascimentos, o papel dos determinantes sociais, econômicos, comportamentais e nutricionais sobre o mesmo, decidiu-se realizar o presente trabalho, o qual poderá contribuir para o entendimento e futuro desenvolvimento de políticas de saúde voltadas para este tema.

Objetivo Geral

Objetivo Geral: Avaliar a trajetória da obesidade dos 11 aos 15 anos de idade e a ocorrência de cárie aos 18 anos de idade em uma coorte de nascimentos de 1993 da cidade de Pelotas-RS. Validar a prevalência de cárie por meio de perguntas de saúde bucal auto-referidas, comparando-as com exame epidemiológico de saúde bucal realizado de acordo com a metodologia preconizada pela OMS. Objetivos Específicos: Medir a prevalência de cárie dos adolescentes aos 18 anos; Medir os fatores de risco ao longo do ciclo vital para cárie aos 18 anos de idade, tais como fatores socioeconômicos, padrão alimentar e comportamentos de saúde bucal. Validar, através do sub-estudo, as diferentes questões auto-referidas sobre saúde bucal tais como: número de dentes perdidos, número de dentes remanescentes, número de dentes restaurados, número de dentes cariados e presença de prótese dentária.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
04
12
ALEXANDRE EMIDIO RIBEIRO SILVA1201/03/201001/03/2014
MARCO AURÉLIO GUIMARÃES PERES401/03/201001/03/2014

Página gerada em 11/12/2018 04:58:02 (consulta levou 0.086812s)