Nome do Projeto
CARACTERÍSTICAS MORFOFISIOLÓGICAS E ANATÔMICAS DE PLANTAS DE Alternanthera tenella EM FUNÇÃO DA CONCENTRAÇÃO DE COBRE
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2011 - 01/08/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia - Fisiologia de Plantas Cultivadas
Resumo
O cobre (Cu) é um metal de transição, redox ativo e essencial para as plantas, bem como para todos os organismos vivos. No metabolismo vegetal, ele desempenha papéis na fotossíntese, respiração, atividade antioxidante, metabolismo da parede celular, lignificação, percepção hormonal, detecção de etileno e produção de metabólitos secundários. Devido a isso, os íons Cu também atuam como co-fatores, ao invés de nutrientes, de numerosas enzimas tais como superóxido dismutase Cu/Zn (Cu/ZnSOD), citocromo oxidase, ascorbato oxidase, amino oxidase, lacase, plastocianina e polifenol oxidase. Assim, tanto a deficiência quanto o excesso de Cu pode causar distúrbios nutricionais nas plantas afetando negativamente importantes processos fisiológicos. Buscar entender os efeitos de diferentes concentrações de Cu é indispensável para um melhor entendimento do papel desse micronutriente nos vegetais. Portanto, o objetivo deste projeto é avaliar as condições morfofisiológicas, bioquímicas, anatômicas e nutricionais de plantas de Alternanthera tenella cultivadas sob diferentes concentrações de Cu, de forma a fornecer subsídios para os programas de melhoramento genético ou para o desenvolvimento de variedades ou cultivares resistentes ao excesso ou a falta deste nutriente. Para tanto, plantas de A. tenella provenientes de cultivo in vitro serão estabelecidas em bandejas com substrato de areia lavada durante 15 dias sob densidade de fluxo de fótons de 100 μmol m-2 s-1 e fotoperíodo de 16 horas, antes da transferência para os tratamentos. Após, as mesmas serão transferidas para hidroponia e irrigadas com solução nutritiva com diferentes concentrações de Cu: 0; 0,041; 0,082; 0,164; 0,246 e 0,328 mM, na forma de sulfato de cobre, permanecendo nas mesmas condições acima citadas. Ao final de 15 dias serão avaliadas características de crescimento e desenvolvimento, fotossíntese, atividades de enzimas antioxidantes, peroxidação lipídica, atividade de betacianinas, densidade e tamanho dos estômatos, absorção de nutrientes, ultra-estrutura de células radiciais e de células do mesofilo, bem como, seu acúmulo em folhas de A. tenella. Pretende-se, com o desenvolvimento deste projeto, contribuir para o conhecimento mais detalhado do elemento em estudo, podendo ser utilizado em nutrição mineral.

Objetivo Geral

Objetivo Geral
Este projeto tem como objetivo avaliar as condições morfofisiológicas, bioquímicas, anatômicas e nutricionais de plantas de Alternanthera tenella (A. tenella) cultivadas sob diferentes concentrações de cobre.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
01
01
01
02
02
05
MAURICIO CARLOS FLORES1201/08/201231/07/2014

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 7.000,00

Página gerada em 19/09/2019 08:00:56 (consulta levou 0.088892s)