Nome do Projeto
Estudo do perfil oxidativo e avaliação enzimática em linfócitos e plaquetas de portadores com síndrome de Down.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
02/01/2012 - 02/01/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Resumo
A síndrome de Down é uma doença genética causada pela ocorrência de três cromossomas 21, sendo considerada uma das causas mais freqüentes de deficiência mental. Estudos têm demonstrado que o estresse oxidativo pode estar envolvido com complicações clínicas associadas ao fenótipo de Down. Além disso, portadores desta anomalia genética apresentam várias alterações no sistema imune bem como no sistema vascular, entretanto os mecanismos envolvidos nestas alterações ainda não foram completamente elucidados. Dentre os mediadores capazes de modular as funções imunes e plaquetárias destacam-se os nucleotídeos de adenina como ATP e ADP e o nucleosídeo adenosina. A sinalização induzida por estas moléculas é controlada por enzimas como NTPDase, 5´-nucleotidase e adenosina deaminase, as quais possuem um papel essencial na resposta imune bem como na trombogênese. Sendo assim, o objetivo deste trabalho é avaliar o perfil oxidativo e a atividade das enzimas NTPDase, 5´-nucleotidase e adenosina deaminase em linfócitos e plaquetas de portadores de síndrome de Down com a finalidade de colaborar para um melhor entendimento desta patologia e contribuir para a busca de novas terapias que possam beneficiar pessoas portadoras desta alteração genética.

Objetivo Geral

Verificar as alterações na atividade das enzimas NTPDase e adenosina deaminase em linfócitos de pacientes portadores da Síndrome de Down e indivíduos saudáveis.

- Determinar a atividade das enzimas NTPDase, 5’- nucleotidase e adenosina deaminase em plaquetas de pacientes portadores da Síndrome de Down e indivíduos saudáveis.

- Avaliar o perfil de agregação plaquetária de portadores de síndrome de Down.

- Analisar a expressão da enzima NTPDase em plaquetas e linfócitos de portadores de síndrome de Down e indivíduos controles.

- Determinar a concentração de nucleotídeos e nucleosídeos de adenina no soro de pacientes portadores da Síndrome de Down e indivíduos saudáveis.

- Avaliar o estado das defesas antioxidantes não enzimáticas através da determinação dos níveis de tióis não protéicos, vitamina C e vitamina E no soro destes pacientes.

- Verificar o estado das defesas antioxidantes enzimáticas através da determinação da atividade das enzimas catalase (CAT), superóxido dismutase (SOD) e glutationa peroxidase (GPx) em sangue de portadores de Síndrome de Down.

- Analisar a intensidade das lesões biológicas causadas pelos radicais livres através da dosagem de malondialdeído (MDA) e da determinação da carbonilação protéica em soro de pacientes portadores da Síndrome de Down e do grupo controle.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
1
1
2
2
2
2
8
8
8
8
8
10
BRUNA DA SILVEIRA DE MATTOS1201/08/201331/07/2014
FABIANO JOSE SOUZA SOARES1201/08/201231/07/2014

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 0,00
Recursos própriosR$ 0,00

Página gerada em 17/12/2018 03:11:19 (consulta levou 0.200177s)