Nome do Projeto
Poder e Violência nos Reinos de Castela e Aragão entre os Séculos XII-XIII. Uma abordagem generificada
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2012 - 01/03/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Humanas - História
Resumo
Supondo o espaço das relações familiares e privadas como um espaço de ação privilegiada de poder, propomos investigar quais foram as possibilidades de protagonismo feminino no seio da nobreza castelhana e aragonesa nos diferentes cenários de enfrentamentos e tensões de natureza política. Neste ambiente sinuoso e de emergência dos poderes normatizadores, seguiremos as trilhas deixadas por uma mulher, Dona Violante (1226-1300), rainha de Afonso X. Em que pese o pouco que se conhece da amplitude da ação da rainha no reinado de Afonso X, sabe-se de sua constituição enquanto protagonista polêmica cujo papel, excepcional ou não, não recebeu ainda uma adequada investigação sabemos se constituir numa personagem, que teria protagonizado no mínimo um papel polêmico, que, excepcional ou não, nos chama a atenção.

Objetivo Geral

Objetivo Geral:
Analisar as formas e impactos generificados de organização do poder político na sociedade Castelhana e Aragonesa nos séculos XII e XIII por meio do estudo de caso da relação de D. Violante e Afonso X.

Objetivos Específicos
1. Observar as relações sociais entre os sexos no contexto das relações de poder constituídas na realidade Ibérica nos séculos propostos desde o caso da relação de Dona Violante e Afonso X.
2. Analisar as diferentes formas que o poder assume conformando-se ou não em práticas de violência nos reinos ibéricos de Castela e Aragão.
3. Identificar a presença de diretrizes de gênero nos documentos analisados

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
20

Página gerada em 11/12/2018 13:56:06 (consulta levou 0.079238s)