Nome do Projeto
Rarefação: Paradoxos Imagéticos (Mestiçagens contidas na poética pictórica da imagem rarefeita).
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
30/04/2012 - 01/05/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes - Artes - Pintura
Resumo
O trabalho da pesquisa abrange os meios da fotografia (como produtor de imagens que são minuciosa e fielmente pintadas) e da pintura (como resultado final) em suas intersecções, e tem como principal referencial nessa prática o movimento do Hiper-Realismo. Sua prática envolve conceitos operacionais aqui intitulados "rarefação" e "mínima interferência pessoal possível", que acarretam paradoxos determinantes para os resultados da pesquisa. Foram consideradas as suas respectivas imbricações conceituais, bem como algumas de suas decorrentes implicações semânticas.

Objetivo Geral

Trabalhar de forma crítica e sistemática as transposições imagéticas entre o vídeo, a foto e – seu destino final – a pintura. Investigar nessa poética as interferências sintáticas e aspectos semânticos da rarefação intrínseca a esse processo, bem como a sua presença e atuação como possível determinante da autonomia desse trabalho.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final

Página gerada em 19/12/2018 12:08:34 (consulta levou 0.080401s)