Nome do Projeto
Modelagem genética dos depósitos de ametista e de ágata em distritos mineiros do Rio Grande do Sul
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
31/07/2012 - 31/07/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Prospecção Mineral
Resumo
O Estado do Rio Grande do Sul contém depósitos de ágata e de ametista de classe mundial, tanto pelas dimensões dos depósitos, quanto pela qualidade das gemas. No entanto, as pesquisas dirigidas para a elucidação dos controles geológicos dos depósitos e as pesquisas dirigidas para o entendimento dos processos de mineralização não atingiram ainda um consenso sobre processos e características metodológicas. A base para a elucidação dos controles geológicos está na pesquisa e correlação das estruturas geológicas e geofísicas controladoras dos depósitos de ágata e de ametista. A partir desses parâmetros é possível desenvolver modelos prospectivos mais adequados. A base para o entendimento dos processos de mineralização está na disponibilidade de técnicas analíticas apropriadas e na seleção de amostras representativas de estruturas e feições exaustivamente detectadas em campo, nos depósitos sob investigação. A articulação dessas duas ferramentas constitui a etapa de pesquisa a ser desenvolvida nesse projeto, tendo em vista a quantidade de dados, a validação desses dados e a seleção de amostras adequadas ao aprofundamento das pesquisa para modelagem genética dos depósitos de ágata e de ametista nos distritos mineiros do Estado do Rio Grande do Sul. As ferramentas básicas de modelagem incluem o processamento de dados geológico-estruturais, a modelagem geoquímica de rochas, e análises de isótopos estáveis na investigação de fonte de fluidos para a mineralização dos geodos de ágata e de ametista.

Objetivo Geral

Os objetivos desse projeto de pesquisa são:
1) o processamento e a modelagem de dados geológico-estruturais sobre os controles dos depósitos de ágata e de ametista do estado do RS
2) a modelagem geoquímica de rochas para investigação dos processos de mineralização
3) a análise de isótopos estáveis (C e O) para determinação da origem/fonte dos fluidos de mineralização dos geodos de ágata e de ametista no estado do RS

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
15

Página gerada em 12/12/2018 12:56:28 (consulta levou 0.081544s)