Nome do Projeto
Biologia e controle de Daktulosphaira vitifoliae (Fitch, 1854) (Hemiptera: Phylloxeridae) com inseticidas e sua influência na fisiologia de videiras
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2012 - 02/03/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia - Entomologia Agrícola
Resumo
A filoxera Daktulosphaira vitifoliae (Fitch, 1856) é a praga mais importante da viticultura, atacando a parte aérea (forma galícola) e raízes (forma radícola). O ataque nas raízes é o mais importante e pode facilitar a entrada de patógenos de solo. Devido à complexidade do ciclo biológico da espécie, não existem estudos de biologia nas condições brasileiras, onde são cultivados comercialmente Vitis vinífera, Vitis labrusca e híbridos (V. vinifera x V. labusca). Cultivares de V. vinifera somente podem ser plantadas utilizando porta-enxertos resistentes enquanto híbridos e cultivares americanas são comumente plantadas como pé franco. Além do uso de cultivares resistentes, muitas vezes é realizado o controle químico da forma galícola e da forma radícola com o uso de neonicótinóides. O objetivo deste trabalho é estudar a biologia da filoxera em raízes de diferentes cultivares de videira e avaliar o efeito dos inseticidas imidacloprid, spirotetramat e thiamethoxam no controle da praga. Além do efeito inseticida sobre a praga, pretende-se conhecer os efeitos fisiológicos do tratamento em plantas de videira. A biologia de D. vitifoliae será estudada em raízes de Vitis labrusca, Vitis vinifera e do porta-enxerto Paulsen-1103. Os inseticidas imidacloprid e thiamethoxam aplicados via solo e imidacloprid, thiamethoxam, spirotetramat e spirotetramat + imidacloprid via foliar serão avaliados em plantas de V. labrusca cv. Bordo infestadas artificialmente com o inseto nas raízes. Os efeitos fisiológicos após a aplicação destes inseticidas em plantas sem infestação da praga também será avaliados.

Objetivo Geral

Geral
-Estudar a biologia de Daktulosphaira vitifoliae em raízes de videira (V. labrusca cv. Bordo e Niagara Rosada; V. vinifera cv. Chardonnay e do porta-enxerto Paulsen-1103) e conhecer o efeito da aplicação dos inseticidas imidacloprid, spirotetramat e thiamethoxam no controle da filoxera e na fisiologia de mudas de V. labrusca cv. Bordo.

Específicos

-Estudar a biologia da filoxera D. vitifoliae em plantas das cultivares Bordo, Niagara Rosada, Chardonnay e Paulsen 1103.
-Estudar o efeito da aplicação de inseticidas neonicotinóides (imidacloprid, thiamethoxam) e do cetoenol (spirotetramat) em aplicação foliar e via solo para o controle de D. vitifoliae.
-Estudar o efeito da aplicação de inseticidas neonicotinóides (imidacloprid, thiamethoxam) e do cetoenol (spirotetramat) em aplicação foliar e via solo nos parâmetros fisiológicos da videira (comprimento de raiz, acúmulo de nutrientes, massa seca, área fotossintética, comprimento de entrenós, pecíolo e coloração de folhas).

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
4
40

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 28.800,00

Página gerada em 17/12/2018 18:20:48 (consulta levou 0.081435s)