Nome do Projeto
DIVERSIDADE MORFOGENÉTICA, ATIVIDADE ENZIMÁTICA E NÍVEL DE PLOIDIA DE BIÓTIPOS DE Lolium multiflorum Lam. RESISTENTES A HERBICIDAS INIBIDORES DE EPSPs DO RIO GRANDE DO SUL
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2012 - 02/03/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia - Matologia
Resumo
O azevém (Lolium multiflorum Lam.) é uma Poaceae, anual ou bianual amplamente encontrada no Rio Grande do Sul onde é cultivada como forrageira e para cobertura de solo. A maioria dos produtores utiliza o azevém diploide (2n=14 cromossomos) como forragem, porém genótipos tetraploides (4n=28) estão sendo explorados visando a alta produção de matéria seca e ciclo vegetativo mais longo. O principal método de controle dessa espécie é o manejo com herbicidas não-seletivos, sendo o glyphosate o herbicida mais utilizado. No entanto, o uso continuado desse produto selecionou biótipos resistentes, o que dificulta o manejo da cobertura do solo visando à semeadura direta. Ainda, as falhas no controle do azevém tornaram-se problema também em lavouras de verão, como as de soja, principalmente nos períodos iniciais, especialmente quando a semeadura da cultura é precoce. No entanto, pouco se sabe sobre a variabilidade morfogenética desses biótipos de azevém, seu nível de ploidia e as modificações na atividade enzimática ocorridas em biótipos de azevém resistentes. Neste sentido, os objetivos desse trabalho são: caracterizar a diversidade morfogenética e determinar o nível de ploidia de biótipos de azevém resistentes e suscetíveis ao glyphosate, analisando as alterações na atividade da enzima EPSPs em biótipos resistentes ao herbicida. O conhecimento morfogenético do azevém pode auxiliar na adoção de estratégias de prevenção, manejo e controle da resistência ao herbicida glyphosate no Estado do Rio Grande do Sul.

Objetivo Geral

Diferenciar morfogeneticamente os biótipos de azevém resistentes e suscetíveis ao glyphosate no Rio Grande do Sul;
Avaliar a atividade da enzima EPSPs em biótipos de azevém resistentes ao glyphosate;
Determinar o nível de ploidia de biótipos de azevém resistentes e suscetíveis ao herbicida glyphosate.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
2
2
2
2
4
SANDRO ROBERTO PIESANTI1201/08/201331/07/2014

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 0,00

Página gerada em 11/12/2018 05:22:59 (consulta levou 0.088915s)