Nome do Projeto
EFEITOS DE DIFERENTES AMPLITUDES DE TREINO NA FREQUÊNCIA CARDÍACA E VARIABILIDADE DA FREQUÊNCIA CARDÍACA DE JOVENS REMADORES
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
18/02/2013 - 19/02/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Educação Física
Resumo
E exercícios intervalados de alta intensidade (HIIE) se constituem como alternativa relevante para o aprimoramento da aptidão física de remadores. O objetivo do estudo será verificar o impacto de três meios de treinamento com diferentes amplitudes na frequência cardíaca (FC) e variabilidade da FC (VFC) de jovens remadores. A partir de estudo experimental jovens remadores realizarão protocolos distintos de treino. Para prescrição do treino, a intensidade será calculada a partir de teste de voga máximo (Vmáx). O protocolo contínuo (PC) será composto por estímulo de 10 min com intensidade de 60% da Vmáx. O Protocolo intervalado com amplitude média (PIAM) terá cinco blocos de esforço:pausa, com esforços de 60 segundos a 90% da Vmáx e recuperação ativa, de 60 s, a 30% da Vmáx. O protocolo intervalado com amplitude grande (PIAG) é composto de 10 blocos de esforço:pausa com relação de 1:1, porém, com intensidade de 120% da Vmáx durante os 60 s de esforço e recuperação passiva durante a pausa. Assim, a intensidade média é de 60% da Vmáx, no entanto, a amplitude de treino é de 0 para PC, de 50% para PIAM e de 100% para PIAG. Os dados de FC e VFC serão coletados com cardiofrequencímetro (Polar® RS800CX) nos momentos pré-treino, imediatamente após e 24h depois da sessão de treino e, então, analisados no software Kubios HRV 2.0. A análise dos dados contará com análise de variância de dois caminhos. Para as correlações será empregado teste de Pearson. O nível de significância será de p≤0,05.

Objetivo Geral

O objetivo geral será verificar o impacto de três meios de treinamento com diferentes características sobre FC e modulação autonômica cardíaca de jovens remadores. Destacam-se como objetivos específicos: i) mensurar as modificações da FC dos remadores frente aos diferentes meios de treinamento; ii) avaliar os efeitos de um treino contínuo e dois treinos intermitentes na VFC logo após o esforço e 24 horas após e iii) comparar as possíveis diferenças entre protocolos de esforços.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
4
4
MARCELO DOS SANTOS VAZ1201/08/201331/07/2014
VINÍCIUS ROSA GANZER1201/08/201330/04/2014

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 41.000,00

Página gerada em 14/12/2018 12:57:13 (consulta levou 0.073770s)