Nome do Projeto
Práticas Musicais de Imigrantes de Fala Germânica
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
28/02/2013 - 01/03/2015
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Resumo
Práticas musicais de imigrantes de fala germânica e seus descendentes no Brasil, no RS e especialmente na região de Pelotas, em suas manifestações históricas e expressões contemporâneas, nas peculiaridades do universo secular e religioso, suas instituições de origem, desenvolvimento, manutenção e/ou declinio musical, através de bases documentais, bibliográficas, sonoras, performáticas, iconográficas, midiáticas, insiders e narrativas orais.

Objetivo Geral

-Realizar diagnóstico histórico-analítico de práticas musicais do grupo étnico em questão no passado e na contemporaneidade.
-Estudar as particularidades e interações destas práticas com o universo secular e religioso em que os grupos transitam.
-Realizar diagnóstico de instituições nas quais se originaram, desenvolveram e mantêm suas práticas musicais.
-Compreender a densidade semântica (Seeger, 1991, p. 353) das práticas e dos repertórios musicais das comunidades teuto-brasileiras e suas implicações sociais e políticas.
-Interpretar esses repertórios a partir do diálogo com os próprios integrantes da comunidade, respaldado pelo campo teórico etnomusicológico contemporâneo.
-Traçar redes de relações entre as diferentes comunidades etnografadas, percebendo os repertórios e as práticas musicais como ‘fenômeno de sociabilidade (Bozon, 1989, p. 148).
-Levantar e organizar bases documentais bibliográficas, partituras, fonográficas, iconográficas, performáticas, cancioneiros, etnográficas e narrativas orais.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
3
FABIANO BACCHIERI328/02/201301/03/2015

Página gerada em 18/11/2019 12:20:20 (consulta levou 0.083713s)