Nome do Projeto
Avaliação da viabilidade de novos recipientes para transporte de sêmen equino refrigerado
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
20/03/2013 - 21/03/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Resumo
A utilização de biotecnologias cada vez mais modernas têm contribuído para o avanço da reprodução de diversas espécies animais, em especial animais de produção. O desenvolvimento de técnicas adequadas para a preservação e o armazenamento de sêmen possibilita melhor aproveitamento de animais de alto valor zootécnico, permitindo o uso da genética de animais que não possam, temporária ou permanentemente, serem utilizados na reprodução, além de permitir o transporte de sêmen por longas distâncias. A preservação por resfriamento e transporte de sêmen em temperatura de +5 °C, para posterior inseminação de éguas, é uma prática rotineira na criação de cavalos apresentando ótimos resultados em comparação aos obtidos com o sêmen congelado. Analisando o atual mercado de recipientes refrigerados para o transporte de sêmen, este estudo terá como objetivo verificar a eficácia de novos recipientes que são feitos de Polietileno para o transporte de sêmen resfriado, no que diz respeito à manutenção da qualidade do sêmen armazenadopor um período de 8 horas. Para realizar este estudo serão utilizados três garanhões com fertilidade comprovada, pertencentes à Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, com idades variando entre 5 e 13 anos. As coletas de sêmen serão realizadas empregando-se o método de vagina artificial, modelo Hannover. Após cada coleta, o sêmen será diluído na proporção 1:1 com leite desnatado, e dividido em quatro alíquotas. O sêmen será analisado como grupo controle (0 h.). As outras três alíquotas serão mantidas em três diferentes equipamentos refrigerados por oito horas: Equitainer®, Botu-Flex® ou Recipiente de Polietileno Refrigerado (Experimento 1), posteriormente o experimento será repetido da mesma forma, porém o Recipiente de Polietileno será utilizado sem resfriamento (Experimento 2), e com uma camada extra (Experimento 3). Após a realização das coletas de sêmen, realizar-se-á a avaliação e registro do aspecto e volume do ejaculado. O aspecto será avaliado de acordo com a sua consistência (aquoso, soroso, leitoso e cremoso). O volume do ejaculado será determinado com o auxílio de provetas graduadas. A avaliação da motilidade e vigor será realizada de forma subjetiva. A concentração espermática a fresco será determinada pelo SpermaCue – Minitub, posterioermente serão realizados os testes de integridade e funcionalidade de membrana. A análise estatística será realizada através da estatística descritiva ANOVA, e a comparação de médias será realizada utilizando diferença teste de diferença mínima significativa.

Objetivo Geral

Geral
Avaliar a eficiência de recipientes de polietileno para transporte de sêmen resfriado por 08 horas.

Específicos
- Analisar a viabilidade de recipientes de polietileno com e sem gelo para resfriamento de sêmen equino
- Comparar os resultados das análises realizadas antes do armazenamento (0 hora) com os resultados das análises feitas após o armazenamento (8 horas) em recipiente de polietileno refrigerado para transporte.
- Comparar os resultados das análises após o armazenamento (08 horas) do recipiente de polietileno refrigerado com os resultados após o armazenamento (08 horas) dos recipientes comerciais (Equitainer® e Botu-Flex®).
- Construir a curva de resfriamento dos recipientes de polietileno refrigerado por um período de 08 horas de resfriamento.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
4
4
4

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
Recursos própriosR$ 0,00

Página gerada em 25/06/2019 23:15:25 (consulta levou 0.083526s)