Nome do Projeto
GRUPOS DE GESTANTES, PUÉRPERAS E FAMILIARES: cenário para a humanização da atenção
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/08/2013 - 02/08/2015
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Saúde Pública
Resumo
A qualidade da atenção nos serviços de saúde é importante para a resolução dos problemas, reivindicação dos direitos, promoção e proteção da saúde. Na perspectiva de atender as necessidades e dúvidas da gestante o Ministério da Saúde enfatiza que o principal objetivo do acompanhamento pré-natal seja o acolhimento, o oferecimento de respostas e de apoio aos sentimentos de medo, dúvidas, angústias, fantasias ou, simplesmente, à curiosidade de saber sobre o que acontece com o seu corpo. A humanização do processo de trabalho de parto, parto e puerpério não se sustenta se não houverem políticas para os trabalhadores e usuários do sistema de saúde, nesta lógica o desafio para a sociedade é a construção e fortalecimento da cidadania. É necessário garantir vinculação entre a rede básica e a rede hospitalar, essencial para o acesso e segurança da gestante. O parto é um evento social e biológico, único de cada mulher, que guarda relação com sua história de vida, suas crenças, seus valores. O contexto deste evento seja área física e/ou ações subjetivas precisa ser construído no sentido de tornar a mulher a protagonista do evento. Assim, possibilitar que o nascimento ocorra em um ambiente humano, seguro, acolhedor permite a satisfação da mulher, contribuindo para redução do percentual de cesáreas e a duração do trabalho de parto. Já o puerpério é um período considerado de risco, e os cuidados qualificados se tornam essenciais e objetivam a prevenção de complicações, o conforto físico e emocional e ações educativas que possam dar à mulher ferramentas para cuidar de si e do filho. Estas ações devem ser permeadas pela escuta sensível e valorização das especificidades das demandas femininas. Uma das formas de esclarecer as dúvidas e empoderar à mulher quanto ao seu papel ativo no processo de gestação, parto e puerpério é a busca por grupos de gestantes e puérperas que surgem como espaço de possibilidades, no qual as participantes podem relatar seus problemas, trocar experiências com outras integrantes e coordenadores do grupo, permitindo às mesmas serem multiplicadoras de saúde no seu coletivo. Neste contexto o papel do enfermeiro e demais membros da equipe de saúde é importante para o alcance da atenção humanizada, na qual o cuidado não deve ser prestado somente a gestante, mas também ao pai e demais membros da família, que estão vivendo este momento tão especial. Este estudo de abordagem quanti-qualitativa objetiva-se conhecer a contribuição dos grupos de gestantes e puérperas na atenção humanizada ao trabalho de parto, parto, puerpério e nascimento e será desenvolvido nos serviços de Saúde da cidade de Pelotas-RS que realizam atividades com grupos de gestantes e puérperas. A população do estudo será composta por gestantes em diferentes idades gestacionais, puérperas, familiares e trabalhadores de saúde atuantes nos serviços de Saúde que desenvolvam trabalho com grupos de gestantes e puérperas da cidade de Pelotas-RS. O período de coleta de dados será de março 2013 a fevereiro 2014 e será processada em duas fontes principais, a pesquisa documental e entrevistas individuais, utilizando-se um instrumento semiestruturado para cada tipo de sujeito da pesquisa. Após a coleta dos dados, os instrumentos quantitativos aplicados sofrerão dupla digitação por quatro digitadores independentes no software EPI-INFO 6.04 e serão armazenados em banco de dados. Será realizada limpeza dos dados e checagem de inconsistências. Os dados quantitativos serão analisados no software STATA 8.Os dados qualitativos serão transcritos na íntegra, submetidos a sucessivas leituras analisados de acordo com os objetivos do estudo e confrontados com a revisão de literatura. PALAVRAS-CHAVE: atenção em saúde, grupos, humanização da atenção.

Objetivo Geral

OBJETIVO GERAL

Conhecer a contribuição dos grupos de gestantes e puérperas na atenção humanizada ao trabalho de parto, parto, puerpério e nascimento.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

- Conhecer as atividades desenvolvidas nos grupos de gestantes e puérperas para humanização do parto e nascimento

- Investigar o trabalho com grupos no subsidio às práticas de atenção humanizada ao pré-natal, parto, puerpério e nascimento

- Analisar a concepção das gestantes, puérperas, familiares e trabalhadores sobre a atenção no pré-natal, trabalho de parto, parto e puerpério.

- Identificar o conhecimento das gestantes, puérperas, familiares e trabalhadores dos serviços de saúde acerca da atenção pré-natal, trabalho de parto, parto, puerpério e nascimento a partir do trabalho desenvolvido nos Grupos.

- Avaliar a contribuição do grupo de gestante e puérperas na atenção ao trabalho de parto e parto desenvolvido nas maternidades.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
01
01
02
02
PRICILLA PORTO QUADRO1201/04/201531/07/2015

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
Será enviado ao Edital do CNPq de 2013R$ 0,00
Recursos própriosR$ 0,00

Página gerada em 30/09/2020 14:30:26 (consulta levou 0.188479s)