Nome do Projeto
O registro gondwanico no Escudo Sul-rio-grandense – estudo geoquímico da proveniência e paleoclima
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/06/2015 - 16/12/2016
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Resumo
O plano de tese constitui-se em um estudo detalhado das sequências deposicionais triássicas designadas geralmente como pertencentes ao Grupo Rosário do Sul, Bacia do Paraná (RS), que afloram sobre o Escudo Sul-Rio-Grandense. Este Grupo é subdividido nas Formações Sanga do Cabral (Eo – Triássica) e Formação Santa Maria (Meso – Neo Triássica). São unidades sedimentares depositadas em ambientes essencialmente continentais. Como resultado espera-se associar uma estratigrafia química com as sequências estratigráficas do Triássico de modo a obter critérios de correlação e evolução paleoclimática. Isto é significativo, pois tais sequências são texturalmente e mineralogicamente semelhantes sendo mascaradas por um intenso processo de oxidação.

Objetivo Geral

No presente estudo propõe-se analisar o paleoclima e a proveniência durante a deposição desta unidade sedimentar a partir de análises geoquímica em rocha total, acompanhadas de análises petrográficas, faciológicas e isotópicas, compreendendo assim o seu modelo evolutivo. Os dados serão correlacionados com os já existentes na literatura (Pierini et al., 2002; Mizusaki et al., 2012) para a mesma unidade (Grupo Rosário do Sul) que aflora na Depressão Periférica do Rio Grande do Sul. Visto que tais registros são constituídos por estratos de arenitos intercalados a siltitos e argilitos, esta pesquisa se torna interessante, pois a unidade pode ser analisada como análoga para reservatório de hidrocarbonetos nas bacias marginais brasileiras.
A meta final do projeto será associar a estratigrafia química com as sequências estratigráficas depositadas no Triássico no Rio Grande do Sul de modo a obter critérios de correlação e evolução paleoclimática. Isto é significativo, pois tais sequências são texturalmente e mineralogicamente semelhantes sendo mascaradas por um intenso processo de oxidação.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BRENO OTON SANTOS E CAMPOS1201/08/201531/07/2016
BRENO OTON SANTOS E CAMPOS1001/08/201431/08/2015
GUILHERME ZANON ALVES DA MATA219/10/201330/06/2014

Página gerada em 21/09/2020 16:48:59 (consulta levou 0.100101s)