Nome do Projeto
VARIABILIDADE ESPACIAL DA PRODUTIVIDADE E DA QUALIDADE DE SEMENTES DE TRIGO E SOJA PRODUZIDAS EM SUCESSÃO SOB SISTEMA DE PLANTIO DIRETO
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/01/2014 - 01/01/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos
Resumo
A agricultura brasileira e mundial nos últimos anos apresentou um grande crescimento em tecnologia, devido à evolução da eletrônica e informática. As mudanças tecnológicas fazem parte de toda a cadeia produtiva, desde máquinas e equipamentos agrícolas modernos, cultivares melhoradas geneticamente contribuindo para o desenvolvimento do setor primário. A cadeia produtiva de sementes caracteriza-se por sua alta tecnologia, sendo composta por produtores que buscam nas soluções geradas pela pesquisa a excelência em sua atividade. Assim, novas tecnologias que auxiliem a busca pela excelência em produção de sementes são importantes e vem ao encontro dessa grande demanda hoje existente no setor. Tecnologias como a agricultura de precisão tem facilitado o gerenciamento da propriedade agrícola nos últimos anos, principalmente quanto à fertilidade do solo e a produtividade. A agricultura de precisão constitui-se em técnica de gerenciamento sistêmico que se propõe a aperfeiçoar o processo agrícola, permitindo a aplicação de insumos nos locais pré-estabelecidos e nas quantidades requeridas (FRAISSE, 1998). Com esses princípios, de variabilidade espacial de atributos do solo e a aplicação de fertilizantes a taxa variada, diminui a ocorrência de sub e sobre-dosagens e com isso maximiza a produção e torna mais eficiente o processo de fertilização. Nesse sentido torna-se importante o conceito de adubação de sistemas de produção. Esta é uma tecnologia inovadora que visa a adubação do sistema de produção como um todo, ao invés de adubar uma única cultura. Como no caso da sucessão trigo-soja, essas duas culturas se ajustam perfeitamente no aproveitamento das estações de crescimento de inverno e de verão na região Sul do país, apresentando complementaridades e utilizando estrutura de produção e maquinário similares Nesse contexto, é fundamental a realização de pesquisas para compreender o efeito da variabilidade espacial e temporal da fertilidade e compactação do solo na produtividade e qualidade fisiológica das sementes de trigo e soja, produzidas em sistema de sucessão de culturas. Além disso, torna-se importante avaliar o efeito que uma cultura exerce sobre a outra. Dessa forma, torna possível um manejo mais adequado dos campos de produção de sementes, permitindo a obtenção de lotes de sementes mais uniformes e com alta qualidade.

Objetivo Geral

Determinar a variabilidade espacial e temporal da qualidade fisiológica e produtividade de
sementes de trigo e soja e correlacionar com a fertilidade e atributos físicos do solo.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALINE DUARTE GOMES1001/01/201401/01/2015
DANIELA FARIAS KAUFMANN1001/01/201401/01/2015
FRANCISCO AMARAL VILLELA101/01/201401/01/2015
GERI EDUARDO MENEGHELLO101/01/201401/01/2015
LUIS OSMAR BRAGA SCHUCH401/01/201401/01/2015
MARCIABELA FERNANDES CORRÊA4001/01/201401/01/2015
RENAN NAVROSKI1201/08/201431/07/2015
RENAN NAVROSKI1001/01/201401/01/2015

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 1,00

Página gerada em 17/12/2018 03:25:33 (consulta levou 0.076678s)