Nome do Projeto
Relação entre fluorose dentária e cárie em crianças de 12 anos de idade: dados de Levantamentos Epidemiológicos Brasileiros de Saúde Bucal (SB Brasil 2003/2010)
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
04/02/2014 - 30/04/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia
Resumo
A prevalência de cárie dentária sofreu uma significativa diminuição nos últimos anos, sendo o uso terapêutico do flúor um dos principais responsáveis por este declínio. O flúor tem abrangência coletiva quando utilizado na fluoretação das águas, sendo reconhecido como medida de saúde pública mais efetiva na prevenção da cárie. Além disso, o flúor também é amplamente utilizado em dentifrícios. Estudos têm demonstrado que a exposição contínua a diferentes métodos de uso flúor contribuiu para o aumento da prevalência de fluorose, que dependendo da sua severidade pode ser considerada um problema de saúde pública. Sendo assim, os níveis de flúor nas águas de abastecimento devem garantir a proteção máxima em relação à cárie e o mínimo de fluorose na população. A cárie e a fluorose têm sido amplamente estudadas de forma isolada, no entanto, poucos estudos investigaram a relação entre estes dois agravos. Por não haver consenso sobre a influência da fluorose na cárie dentária, a presente pesquisa tem como principal objetivo investigar a associação entre fluorose e cárie dentária em crianças de 12 anos de idade. Para isso, será utilizado o banco de dados do levantamento epidemiológico nacional em saúde bucal - SB Brasil 2003/2010. Os dados serão submetidos à análise estatística, sendo realizada a distribuição de frequências e utilizando o teste qui-quadrado de Pearson para avaliar as possíveis associações entre as variáveis. A comparação entre as médias de experiência de cárie (e seus componentes) e os níveis de fluorose será realizada usando análise de variância de uma via (ANOVA).

Objetivo Geral

Geral
A presente pesquisa tem como objetivo investigar a associação entre fluorose e cárie dentária em crianças de 12 anos de idade, utilizando dados do SB Brasil 2003/2010.
Específicos
 Investigar a associação entre os diferentes graus de fluorose e a prevalência de cárie.
 Verificar possíveis associações com as características socioeconômicas e demográficas, a localização geográfica e a presença ou ausência de fluoretação das águas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
DENISE PAIVA DA ROSA804/02/201430/04/2015
EDUARDO DICKIE DE CASTILHOS104/02/201430/04/2015
TANIA IZABEL BIGHETTI104/02/201430/04/2015

Página gerada em 19/10/2019 19:39:05 (consulta levou 0.067357s)