Nome do Projeto
Conhecimento, aceitação e utilização dos medicamentos genéricos após 12 anos da sua entrada no mercado: uma avaliação de base populacional no sul do Brasil
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
25/03/2014 - 28/02/2016
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Resumo
Os genéricos são vendidos no Brasil há treze anos e vem ocupando uma parcela cada vez maior do mercado. Em estudo realizado logo após a entrada dos genéricos no mercado nacional (2002) (Bertoldi et al. 2005) demonstrou-se baixas prevalências de utilização dos mesmos e dificuldade por parte da população para diferenciar os medicamentos genéricos dos demais disponíveis no mercado (similares e referência), reconhecendo as suas principais características. Após mais de uma década dos genéricos presentes no mercado brasileiro e com a imensa propaganda do Ministério da Saúde sobre a autenticidade dos mesmos é importante entender como está o conhecimento, aceitação e utilização destes medicamentos pela população e quais são os fatores que podem estar associados com a indicação de não preferência pela utilização de medicamentos genéricos, para poder concentrar nesses pontos os esforços das campanhas governamentais que visam a ampliação da utilização do medicamento genérico como uma forma de ampliar o acesso a medicamentos.

Objetivo Geral


Objetivo geral

Avaliar o conhecimento, aceitação e utilização de medicamentos genéricos após doze anos de implantação da lei dos genéricos no Brasil.


Objetivos específicos

Comparar a proporção de uso de medicamentos genéricos utilizados em 2012 e em 2002;
Comparar a proporção de uso de medicamentos genéricos, por grupos farmacológicos, em 2012 e 2002;
Avaliar a evolução do conhecimento sobre os medicamentos genéricos comparando dados de 2012 e 2002;
Comparar as estratégias de aquisição de medicamentos em 2012 e 20022002;
Identificar fatores associados à não preferência pela utilização dos medicamentos genéricos no ano de 2012;
Revisar a literatura científica sobre a aceitabilidade dos medicamentos genéricos por parte dos usuários e profissionais de saúde, buscando identificar as razões pelas quais o usuário deixa de adquirir e os profissionais da saúde deixam de prescrever ou recomendar a substituição de medicamentos de marca por genéricos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
MARYSABEL PINTO TELIS SILVEIRA125/03/201428/02/2016
MARÍLIA CRUZ GUTTIER425/03/201428/02/2016

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 70.000,00
Recursos própriosR$ 15.000,00

Página gerada em 22/01/2021 01:00:34 (consulta levou 0.092534s)