Nome do Projeto
Forma corporal aos seis anos: componentes e determinantes
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
07/04/2014 - 28/02/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Resumo
O estudo das medidas antropométricas faz parte de uma das principais abordagens para avaliar a situação de saúde de crianças e providenciar informações para políticas de saúde pública que visem combater o excesso de peso infantil e outros agravos à saúde (GARZA & de ONIS, 2004). Como apresentado na seção anterior, desde o início do século passado os pesquisadores se debruçam na tentativa de melhor conhecer os determinantes de inúmeras doenças e entre esses determinantes estão o estado nutricional, as circunferências e a composição corporal. As circunferências corporais indicadoras da forma corporal mais comumente utilizadas são a circunferência da cintura, a razão cintura-quadril e, em menor escala, as razões cintura-altura e cintura-coxa. Apesar de esses indicadores não diferenciarem os componentes do tecido adiposo corporal, eles são muito úteis na avaliação do estado de saúde de indivíduos e populações. No entanto, essas medidas tradicionais do corpo humano sofrem, muitas vezes, de erros intra e entre observadores que podem enviesar as medidas. Ademais, testar novas medidas corporais preditoras do estado nutricional de crianças poderia consumir muito tempo com o treinamento de equipe técnica para a aferição destas medidas Por isso a técnica tridimensional é um grande aliado nesse tipo de estudo, pois elimina esse problema e melhora a habilidade de detectar medidas corporais de indivíduos e populações. Por fim, a maioria dos estudos aponta para o caminho das medidas corporais (exposição) em direção a possíveis agravos de saúde que elas podem acarretar (desfechos). Poucos são os trabalhos que visam entender quais são os determinantes que afetam as medidas corporais de crianças e, consequentemente, afetam a sua forma corporal. Em razão do que fora supracitado ao longo das seções anteriores e, em especial, nos parágrafos acima, o presente projeto de pesquisa torna-se justificável, pois permite a identificação de fatores precoces e contemporâneos associados à forma corporal de crianças, possibilitando estudos posteriores sobre as diferenças na forma corporal na infância e possíveis desfechos que elas podem acarretar.

Objetivo Geral

OBJETIVOS
- Objetivo Geral:
Avaliar a forma corporal, através das medidas de circunferência obtidas pelo 3DPS, e seus componentes e determinantes aos seis anos de idade na coorte de nascimentos de 2004 de Pelotas, RS, Brasil.
- Objetivos específicos:
Os objetivos específicos apresentados abaixo têm como desfecho o conjunto de medidas corporais obtidas pelo 3DPS aos seis anos de idade, no acompanhamento da coorte de 2004 realizado entre os anos de 2010 e 2011.
1. Explorar o uso de medidas obtidas através do 3DPS, assim como combinações delas, com o intuito de gerar um padrão corporal, comparando com diferentes métodos de referência, a saber:
a. Medidas corporais obtidas pelo 3DPS entre sexo e cor da pele;
b. Medidas corporais obtidas pelo 3DPS vs. padrões alimentares;
c. Associação entre as medidas obtidas pelo 3DPS vs. gordura corporal e massa magra obtidos por outros métodos de composição corporal (DXA e ADP).
2. Avaliar a influência de variáveis precoces e dos padrões alimentares ao longo da infância sobre a forma corporal e composição corporal aos seis anos nas crianças da coorte de 2004.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
LEONARDO POZZA DOS SANTOS207/04/201428/02/2016

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CNPqR$ 97.431,00

Página gerada em 19/10/2019 17:00:28 (consulta levou 0.114352s)