Nome do Projeto
Participação e acessibilidade em Programas Sociais de Habitação (2009-2013) Estudo de conjuntos habitacionais promovidos em Pelotas RS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
13/05/2014 - 13/05/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Resumo
O conjunto habitacional é uma forma de moradia que vem sendo empregada desde a década de 20 , como parte da politica habitacional brasileira no atendimento a questão da falta de moradia. Em Pelotas (RS) desde 1950 foram construídos cerca de 100 conjunto multifamiliares. Desrama de aceleração do crescimento de o inicio desse século os Programas de Arrendamento Residencial (PAR) e os Programas oriundos do Programa de aceleração do crescimento (Assentamentos Precários e Minha Casa e Minha Vida) foras as alternativas mais empregadas para a provisão da moradia social. Interessa conhecer como se dão as formas de representação politica na atualidade, principalmente após a extinção do PAR, onde a administração dos conjuntos era realizada por empresas contratadas pela Caixa Econômica Federal. Nesse sentido, esse estudo se propôs a analisar o processo de tomada de decisão e representação política dos moradores nos conjuntos habitacionais , investigando como as diferentes formas de participação impactaram na conquista de melhorias em empreendimentos promovidos pelo PAC em Pelotas nesse período, avaliando também os impactos na melhoria das condições de vida das pessoas com mobilidade reduzida, nas famílias que receberam apartamentos adaptados. Para esse fim sertão realizados levantamento das características dos conjuntos, bem como das formas de representação politica nesses novos empreendimentos , além de observar as características de apartamentos adaptados as pessoas com mobilidade reduzida e o impacto dessas transformações funconais na vida das pessoas e suas famílias

Objetivo Geral

O objetivo desse estudo é analisar a participação política, a tomada de decisões e as conquistas no campo da acessibilidade em conjuntos residenciais formados por casas e condomínios oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento, em Pelotas, entre 2009 e 2013.
Os objetivos específicos são:
1. Analisar o processo de tomada de decisão e representação política dos moradores nos conjuntos habitacionais considerando as modalidades em forma de condomínios e conjuntos de casas.
2. Investigar como as diferentes formas de participação impactaram na conquista de melhorias em empreendimentos promovidos pelo PAC em Pelotas nesse período
3. Avaliar os impactos na melhoria das condições de vida das pessoas com mobilidade reduzida, nas famílias que receberam apartamentos adaptados.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANA SILVA NORONHA413/05/201413/05/2016
Cláudia Rosana dos Santos Athaides413/05/201413/05/2016
NAIARA DAL MOLIN413/05/201413/05/2016
RAFAEL JOSÉ CARUCCIO413/05/201413/05/2016
THIAGO BESSA PUCCINI NOVAES TOGEIRO413/05/201413/05/2016

Página gerada em 20/06/2019 02:42:35 (consulta levou 0.073813s)