Nome do Projeto
Conduta prescritora de medicamentos para a pessoa idosa
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
30/06/2014 - 30/06/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Farmácia
Resumo
Medicamentos podem ser inapropriados para idosos, por ineficácia terapêutica ou risco de desenvolvimento de efeitos adversos que superam seus benefícios. Diversos medicamentos disponibilizados pelo SUS não são considerados Seguros para utilização pela população idosa e isto pode comprometer a promoção do uso racional de medicamentos e, portanto, do acesso à saúde com qualidade. Algumas estratégias podem contribuir para evitar os riscos associados à farmacoterapia, dentre as quais o emprego de ferramentas para detectar MPI, os Critérios de Beers são os mais utilizados. O presente estudo objetiva estudar a conduta prescritora de medicamentos por meio de um estudo transversal realizado com médicos inscritos na Sociedade Brasileira de Geriatria do Rio Grande do Sul. Serão identificados os medicamentos utilizados na prática clínica, sua frequência de prescrição e o quanto o respondente os consideram seguros para a pessoa idosa.

Objetivo Geral

2.1. Objetivo Geral

-Estudar a conduta prescritora de medicamentos para a pessoa idosa.


2.2. Objetivos Específicos
- Conhecer os medicamentos mais frequentemente prescritos para a pessoa idosa;
- Observar os motivos atribuídos pelos profissionais para sua frequência de prescrição;
- Observar o grau de segurança referido pelos prescritores ao uso dos medicamentos por pessoas idosas;
- Correlacionar a frequência de prescrição com o grau de segurança dos medicamentos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
GUILHERME KUNZLER BECKER1201/11/201430/06/2015

Página gerada em 17/12/2018 03:11:12 (consulta levou 0.063985s)