Nome do Projeto
Da Catedral à Câmara do Comércio: o Centro Histórico do Rio Grande. RS (1755-1941)
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/06/2014 - 01/06/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Resumo
O trabalho proposto tem como tema a história do centro histórico do Rio Grande e da arquitetura nele produzida entre os anos de 1755 (construção da Catedral de São Pedro) e 1941 (edificação do prédio da Câmara do Comércio). A investigação seguirá o método comparativo da história, que consiste em buscar as diferenças e semelhanças que apresentam duas séries de natureza análoga, tomadas em meios sociais distintos. preservados. A estrutura da pesquisa está prevista em dois capítulos. O primeiro trata da história do Centro Histórico. Discorre sobre: estrutura urbana e pavimentação; redes de água e esgotos; iluminação pública; transporte coletivo e espaços públicos nos recortes propostos. Compara as soluções urbanas com as implantadas em outros centros nacionais e devidas influências estrangeiras. O segundo capítulo, Arquitetura no Centro Histórico, sobretudo através dos remanescentes preservados, analisa suas linguagens arquitetônicas (luso-brasileira, eclética, art nouveau e art dèco) e as compara aos exemplares das capitais nacionais e respectivas influências internacionais. Em fase de elaboração, o primeiro capítulo identifica e elabora a cronologia das obras urbanas. Paralelamente são pesquisados exemplares arquitetônicos para análise no segundo capítulo, que em sua totalidade apresentará vinte obras.

Objetivo Geral

objetivo Geral: Estudar a evolução do centro histórico, a cerca de suas características urbanas e arquitetônicas, entre os anos de 1755 e 1941. Objetivos específicos:
a) Contextualizar o período histórico compreendido entre os anos de 1755 e 1941;
b) Desenvolver histórico sobre a origem da cidade e evolução do seu centro histórico até 1755;
c) Investigar a data na qual foram criados os serviços e equipamentos de infra-estrutura urbana, assim como a data de abertura das ruas principais;
d) Comparar as soluções urbanas em Rio Grande, com as encontradas nos centros brasileiros e influências estrangeiras;
e) Estudar as linguagens arquitetônicas existentes no país (luso-brasileira, eclética, neogótica, art nouveau e art dèco) estabelecendo suas principais características e atinentes internacionais;
f) Relacionar a arquitetura riograndina produzida com as construídas no Brasil, e, respectivas, influências estrangeiras.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final

Página gerada em 13/12/2018 11:46:34 (consulta levou 0.069578s)