Nome do Projeto
Análise do efeito do cocultivo de astrócitos e células de linhagens de glioma sobre a atividade de ectoenzimas e sobre a atividade da óxido nítrico sintase
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
12/05/2014 - 12/05/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Resumo
O glioblastoma multiforme (GBM) é o tumor mais comum e devastador do SNC fundamentalmente dependente de um microambiente favorável para seu desenvolvimento, torna-se relevante estabelecer protocolos para mimetizar esse ambiente. Uma das possibilidades são as técnicas de cocultivo celular e de utilização de meios condicionados para o tratamento de células. Pensando especificamente no GBM, diversos tipos celulares presentes no microambiente tumoral como células gliais podem ser vistos como alvo. Com o objetivo de analisar a interação entre células de glioma e astrócitos, duas vias de sinalização neurológica, uma envolvendo neurotransmissão e outra envolvendo neuromodulação podem ser estudadas, sinalização purinérgica e a atividade da iNOS, respectivamente. Tais parâmetros são fundamentais para o entendimento do microambiente, já que estão descritos na literatura tanto a seus aspectos fisiológicos quanto em seus aspectos patológicos. Sabe-se que a catabolização purinérgica está completamente alterada em células de gliomas C6 de rato, quando avaliada in vitro, ao se comparar com células análogas normais, os astrócitos, devido ao fato dessas células apresentarem alta expressão da NTPDase2, favorecendo a hidrólise de ATP e levando a um acúmulo de ADP, enquanto nos gliomas essa forte expressão não é encontrada, havendo, assim, baixos índices de hidrólise de nucleotídeos tri- e difosfatados, favorecendo a neurotoxidade do ATP nas células normais. Em se tratando da iNOS, o seu aumento resulta em aumento de NO no SNC, e esta molécula está envolvida em fatores neurodegenerativos/neuromodulatórios. Quando em altos níveis, o NO leva a um aumento da expressão de fatores pró-inflamatórios. Essa situação ainda fica mais complexa quando sua presença se dá em condições de estresse oxidativo, com aumento de espécies reativas de oxigênio. Ainda, quando em condições de estresse nitrosativo, o NO leva a um aumento na atividade das COXs, de cujas reações resultam inevitavelmente radicais livres, tornando ainda mais grave o quadro de neuroinflamação. Dessa forma se mostra urgente um estudo para visualizar a comunicação cruzada entre astrócitos e gliomas para aumentar nosso conhecimento sobre os gliomas, novas formas de contenção da progressão tumoral e análise de diversos fatores inflamatórios envolvidos no estabelecimento e na progressão dos gliomas.

Objetivo Geral

Objetivo geral
- Analisar o perfil das ectonucleotidases e da iNOS em culturas de astrócitos expostas ao meio condicionado de glioma ou cocultivados com glioma C6.
Objetivos específicos
- Análise do efeito do cocultivo e tratamento com meio condicionado de glioma C6 sobre a hidrólise de nucleotídeos da adenina (ATP, ADP e AMP) em cultura de astrócitos.
- Investigação do efeito do cocultivo e tratamento com meio condicionado de glioma C6 sobre a atividade da iNOS em cultura de astrócitos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
EDUARDO BIERHALS BLÖDORN1012/05/201412/05/2016
FATIMA TEREZA ALVES BEIRA212/05/201412/05/2016
JULIANA HOFSTÄTTER AZAMBUJA512/05/201412/05/2016
KENNIA DE CASSIA ARAUJO GALDINO1012/05/201412/05/2016
NATHALIA STARK PEDRA512/05/201412/05/2016
NATHALIA STARK PEDRA1201/08/201431/07/2015
PRISCILA TREPTOW RAMOS512/05/201412/05/2016
PRISCILA TREPTOW RAMOS1201/08/201431/07/2015
ROSELIA MARIA SPANEVELLO112/05/201412/05/2016

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 2.000,00
CNPqR$ 12.000,00

Página gerada em 19/12/2018 11:51:36 (consulta levou 0.069652s)