Nome do Projeto
Capital Social e Precarização do Trabalho
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
23/05/2014 - 04/07/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Resumo
Este projeto de pesquisa tem como mote o estudo das condições de trabalho em ambientes ocupacionais, através da ótica do conceito de capital social. Busca estabelecer ou não a associação entre precarização do trabalho e capital social. Serão entrevistados trabalhadores e empregadores a indústria frigorifica da cidade de Pelotas-RS. As entrevistas serão realizadas de forma objetiva, com instrumento pré-estruturado. Os dados serão tabulados e quantificados com o software SPSS 12.0. Serão realizados cruzamentos das variáveis procurando identificar se existe associação entre baixo índice de capital social e precarização do trabalho nos ambientes ocupacionais estudados. A hipótese, nesse trabalho, é que em regiões com menos índices de capital social, ou seja, onde as pessoas confiam menos umas nas outras, as condições ocupacionais sejam mais insalubres e haja uma maior precarização do trabalho

Objetivo Geral

Verificar se há relação entre capital social e precarização do trabalho nos frigoríficos de Pelotas, assim mensurar os índices de capital social nos ambientes pesquisados, identificar as condições de trabalho assim como a mensuração da precarização do trabalho sendo importantes para o entendimento no desempenho ocupacional do ser humano, também verificar as condições em ressonância com o capital social relacionados aos acidentes de trabalho

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BIANCA DE FREITAS LINHARES123/05/201404/07/2014
CÍNTIA VIVIANE VENTURA DA SILVA1423/05/201404/07/2014
ILONE BEZERRA MÜLLER823/05/201404/07/2014
JOCARLI SILVEIRA SOARES823/05/201404/07/2014
JULIANA GULARTE COUTINHO823/05/201404/07/2014
NATHÁLIA BISSOLI TESSMANN823/05/201404/07/2014
RICARDO ROJAS FABRES823/05/201404/07/2014

Página gerada em 25/06/2019 23:18:56 (consulta levou 0.071026s)