Nome do Projeto
Crescimento urbano e bordas da cidade: periferias, morfologias e produção de software
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/10/2014 - 01/10/2018
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Planejamento Urbano e Regional - Métodos e Técnicas do Planejamento Urbano e Regional
Resumo
A investigação é dedicada a desenvolver tecnologias sócio-espaciais e ambientais para simular crescimento urbano nas bordas das cidades, com produção de software utilizando autômatos celulares. A pesquisa é continuidade de trabalho anterior (apoio Edital MCT/CNPq 02/2009 – Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas), que vem produzindo o software CityCell, operando atualmente em versão de teste, através do qual está proposta uma plataforma básica para simular crescimento urbano de modo axial, polar e difuso, considerando conjuntamente fatores urbanos, naturais e institucionais. Simulações de crescimento urbano utilizando autômatos celulares têm mostrado diferenças das bordas de expansão em relação às demais partes da cidade, concentradas nas interfaces do urbano com o não-urbano e do mais urbanizado com o menos urbanizado. Essa concentração tende a demarcar frentes de expansão em forma de linha, determinando uma borda com comportamento diferenciado do resto do sistema, onde podem ser observadas concentração e exclusão simultâneas, com células de elevado potencial de transformação e baixa concentração de facilidades urbanas. Essas frentes de expansão estão sendo estudadas com simulações em cidades de pequeno porte do sul do Brasil, desenvolvidas pelo Laboratório de Urbanismo da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Pelotas.

Objetivo Geral

O objetivo geral do trabalho aponta para o reconhecimento da dinâmica e da morfologia das bor-das das cidades. em seu processo de crescimento, dando continuidade aos trabalhos anteriores com utilizando autômatos celulares. Os objetivos específicos deste projeto podem ser explorados segundo dois enfoques: um no campo da construção de instrumentos para o planejamento urbano, com resultados mais práticos e referidos à atualização do modelo de simulação (alínea "a", abaixo) e outro mais próximo do conhecimento teórico e conceitual, referente a estudos de padrões vinculados às bordas da cidade (alínea "b", adiante):
a) desenvolver modelo e software para simulação de crescimento urbano utilizando autômatos celulares (CityCell);
b) verificar a emergência de padrões sócio-espaciais urbanos associados a mudanças nas bordas da cidade, com interesse particular na sua dinâmica e morfologia.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA PAULA NETO DE FARIA201/10/201401/10/2018
ANA PAULA POLIDORI ZECHLINSKI201/10/201401/10/2018
NELSON ARAUJO CABELLEIRA201/10/201401/10/2018
OTAVIO MARTINS PERES201/10/201401/10/2018

Página gerada em 12/12/2018 12:25:32 (consulta levou 0.069719s)