Nome do Projeto
Atividade física na gestação e desfechos de saúde materno-infantil: Coorte de Nascimentos de 2015, Pelotas - RS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
02/10/2014 - 28/02/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Resumo
Existem evidências de que a prática de atividade física durante a gestação está associada à redução do risco de pré-eclâmpsia, de diabetes gestacional e do nascimento prematuro, além de promover aumento na tolerância à dor, redução do ganho de peso gestacional e melhora da autoimagem. Apesar dessas evidências, uma pequena parcela de mulheres torna-se ou permanece ativa nesse período da vida. Sendo assim, este projeto de pesquisa tem como objetivo investigar os fatores associados à prática de atividade física durante a gestação e os efeitos dessa prática sobre desfechos de saúde materna e do recém-nascido na Coorte de Nascimentos de 2015 da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. O estudo será efetivado por uma combinação de delineamentos observacionais e experimentais de pesquisa. No componente observacional, serão investigados os padrões e os determinantes da prática de atividade física na gestação. As gestantes serão acompanhadas desde o período pré-natal por meio de visitas domiciliares para aplicação dos instrumentos de pesquisa. A atividade física será mensurada por acelerometria e questionário. No componente experimental, com o propósito de avaliar o efeito da prática de exercício físico na gestação sobre desfechos de saúde materna e do recém-nascido, será realizado um ensaio controlado randomizado aninhado a essa coorte. Uma subamostra de 200 gestantes serão submetidas a uma intervenção com exercício físico num período de 16 semanas. Com base nos dados do estudo prospectivo e do ensaio controlado randomizado pretende-se evidenciar importantes relações entre a prática de atividade física no período gestacional e desfechos de saúde materna e infantil.

Objetivo Geral

Objetivo geral

- Avaliar a associação entre a prática de atividade física na gestação e
desfechos de saúde materna e do recém-nascido na Coorte de Nascimentos de
2015 da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil.


Objetivos específicos

- Mensurar o nível de atividade física durante a gestação, por meio da
acelerometria, nas mulheres pertencentes à coorte de nascimentos de 2015 da
cidade de Pelotas, RS.
- Avaliar os fatores demográficos, socioeconômicos e comportamentais que
estão associados a essa prática.
- Medir o efeito do exercício físico realizado durante o período gestacional
sobre a saúde materna, em relação a ocorrência de morbidades como préeclâmpsia,
diabetes e ganho de peso gestacional.
- Medir o efeito do exercício físico durante a gestação sobre a saúde do
recém-nascido por meio de indicadores de prematuridade, peso ao nascer e
crescimento fetal.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
SHANA GINAR DA SILVA402/10/201428/02/2017

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
Wellcome Trust FoundationR$ 7.113.000,00

Página gerada em 17/12/2018 03:10:00 (consulta levou 0.084965s)