Nome do Projeto
Sistemas Convectivos de Mesoescala que atingiram o Rio Grande do Sul entre 2004 e 2008 e que geraram granizo
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
04/01/2015 - 30/03/2018
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Resumo
Os Sistemas Convectivos de Mesoescala (SCM), na região Sul do Brasil e em especial no Rio Grande do Sul (RS), são um dos principais sistemas meteorológicos que atuam para a formação Eventos Severos (ES), os quais podem causar desde danos na agropecuária, desastres naturais (ex: enchentes, granizo, vendaval) até perdas de vidas. Como o RS possui sua economia voltada à agroindústria e é um dos estados que mais sofre com quebra de safras causadas por ES mostra-se de grande importância o estudo de SCM que geram ES, principalmente granizo que é um dos ES mais frequentes notificados pela Defesa Civil do RS . Portanto, o objetivo geral deste trabalho é analisar as características dos SCM que afetaram o RS e que geraram granizo (SCMGRA), entre 2004 e 2008. Mais especificamente pretende-se analisar: a duração média e o tamanho máximo médio dos SCMGRA; a trajetória e a forma dos SCMGRA e o horário preferencial de iniciação, maturação e dissipação, bem como a região preferencial de formação dos SCMGRA.

Objetivo Geral

O objetivo geral deste trabalho é analisar as características dos SCM que afetaram o RS e que geraram granizo (SCMGRA), entre 2004 e 2008. Mais especificamente pretende-se analisar: a duração média e o tamanho máximo médio dos SCMGRA; a trajetória e a forma dos SCMGRA e o horário preferencial de iniciação, maturação e dissipação, bem como a região preferencial de formação dos SCMGRA.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BRUNO MAON FERNANDES4004/01/201530/03/2018
GUSTAVO RASERA404/01/201530/03/2018
MARCO AURÉLIO ALVARENGA ALVES404/01/201530/03/2018

Página gerada em 25/06/2019 05:03:48 (consulta levou 0.081742s)