Nome do Projeto
Adiponectina: Associação com a distribuição de gordura corporal e influência sobre o risco cardiovascular
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
15/10/2014 - 28/02/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Resumo
A adiponectina, proteína produzida por adipócitos maduros, tem sua concentração paradoxalmente reduzida em indivíduos obesos. Investigar os fatores que modulam a concentração de adiponectina e o papel dessa proteína na etiologia das doenças cardiovasculares é de grande interesse para a melhor compreensão da relação da obesidade com morbidades crônicas e para fins terapêuticos. O presente projeto tem como objetivo avaliar a associação da distribuição de gordura corporal com a concentração sanguínea de adiponectina e o efeito da proteína sobre fatores de risco e sobre a incidência de doenças cardiovasculares em adultos. Serão utilizados dados da coorte de nascimentos de Pelotas de 1982 (acompanhamento dos 30 anos). Em um primeiro momento, será avaliada a associação independente de diferentes depósitos de gordura corporal (abdominal visceral, abdominal subcutâneo e gluteofemoral), bem como do padrão de distribuição de gordura, com a concentração sanguínea de adiponectina. Em seguida, variantes genéticas no gene que codifica para a adiponectina (ADIPOQ) serão utilizadas como proxy da concentração sanguínea da proteína (abordagem conhecida como aleatorização mendeliana) com o objetivo de distinguir se a adiponectina exerce algum efeito sobre fatores de risco cardiovascular ou se é apenas um marcador de risco. A relação entre exposição (adiponectina) e desfecho (fatores de risco cardiovascular) será avaliada pela análise de variáveis instrumentais. Por fim, revisão sistemática com metanálise será realizada para avaliar a associação entre polimorfismos de nucleotídeo único (SNPs) no gene ADIPOQ e a incidência de doenças cardiovasculares.

Objetivo Geral

OBJETIVOS


O presente projeto tem como objetivos avaliar a associação da concentração sanguínea de adiponectina com diferentes padrões de distribuição de gordura corporal e seu efeito sobre fatores de risco e sobre a incidência de DCV em adultos.



Objetivos Específicos


- Explorar a associação da concentração sanguínea de adiponectina com a distribuição de gordura corporal e com os diferentes depósitos adiposos (subcutâneo gluteofemoral, subcutâneo abdominal e visceral) em adultos nascidos na cidade de Pelotas no ano de 1982.
- Investigar o efeito da concentração sanguínea de adiponectina sobre fatores de risco para DCV (perfil lipídico, pressão arterial, hemoglobina glicada e proteína C reativa) em adultos nascidos na cidade de Pelotas no ano de 1982, utilizando aleatorização mendeliana.
- Avaliar o efeito da concentração sanguínea de adiponectina sobre a incidência de DCV em adultos por meio de revisão sistemática com metanálise, utilizando os princípios da aleatorização mendeliana.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
MARIA CAROLINA BORGES415/10/201428/02/2017

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CNPqR$ 44.951,00
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 106.890,50

Página gerada em 18/11/2019 12:05:24 (consulta levou 0.069665s)