Nome do Projeto
Acesso aos serviços de saúde entre idosos brasileiros: inquérito epidemiológico nacional
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
05/12/2014 - 28/02/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Resumo
O acesso aos serviços de saúde representa um importante componente na avaliação do desempenho de um sistema de saúde tendo em vista que é um fator fundamental no processo de busca e obtenção do cuidado. Vários fatores estão envolvidos na determinação dos padrões de acesso com destaque para as questões políticas do sistema de saúde, fatores econômicos, aspectos relativos à organização do sistema no território e fatores relacionados às características do usuário. Alguns autores desenvolveram modelos teóricos a fim de explicar e identificar os fatores envolvidos nesse processo. Os estudos analíticos observacionais concentram-se na utilização dos serviços de saúde, analisando o acesso realizado. Não obstante, estudos que visem mensurar e avaliar as variáveis envolvidas na falta de acesso aos serviços de saúde são escassos. Dessa forma, pretende-se avaliar o acesso aos serviços de saúde em uma amostra de idosos brasileiros. Para tanto, serão utilizados os dados de um estudo mais amplo, que investigou o acesso e qualidade da rede de saúde no Brasil, o qual se constituiu em um estudo transversal de base populacional com uma amostra de 6625 idosos, residentes em áreas urbanas de 100 municípios de 23 estados brasileiros. Para descrever o acesso aos serviços de saúde serão analisadas variáveis relacionadas à falta de acesso, utilização de serviços de saúde, natureza pública ou privada do serviço, tempo de espera, gasto, encaminhamentos e satisfação do usuário. Espera-se que o estudo forneça evidências que auxiliem gestores e profissionais de saúde na melhoria do acesso dos usuários aos serviços de saúde, principalmente do SUS.

Objetivo Geral

Geral

Avaliar o acesso aos serviços de saúde em uma amostra de idosos residentes em 100 municípios brasileiros, das cinco regiões geopolíticas do Brasil.


Específicos

 Mensurar a prevalência de falta de acesso aos serviços de saúde no país.
 Descrever o tempo de espera entre a procura e obtenção do serviço e a satisfação do usuário no sistema de serviços de saúde.
 Analisar o acesso aos serviços de saúde em função do porte populacional e da cobertura de Estratégia Saúde da Família.
 Avaliar o acesso aos serviços de saúde segundo natureza pública ou privada do serviço.
 Analisar as iniquidades no acesso aos serviços de saúde em função das características socioeconômicas dos usuários.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA PAULA SANTANA COELHO ALMEIDA405/12/201428/02/2017
BRUNO PEREIRA NUNES104/11/201528/02/2017
SUELE MANJOURANY SILVA DURO104/11/201528/02/2017

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
Fundo Nacional de SaúdeR$ 1.800.000,00

Página gerada em 22/11/2019 21:18:00 (consulta levou 0.063859s)