Nome do Projeto
Seleção de clones de cana-de-açúcar (Saccharum spp) para região Sul do Brasil
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/12/2014 - 01/03/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia
Resumo
O Brasil é atualmente o maior produtor mundial de cana-de-açúcar com uma área cultivada de aproximadamente 8,5 milhões de hectares na safra 2012/13, sendo que a área cultivada com cana-de-açúcar no Rio Grande do Sul é de cerca de 37.000 mil hectares. Deste total, 12 mil hectares são utilizados com fins comerciais à produção de cachaça, açúcar mascavo, melado, rapadura e álcool. Os demais 25 mil hectares são utilizados para consumo na propriedade, ou comercialização informal de produtos. A produção desta cultura no RS representa menos de 0,5% da área plantada do país, no entanto, tem grande importância por estar associada às atividades desenvolvidas pela agricultura familiar, relacionadas à criação de gado de leite e corte, bem como ao processamento artesanal de subprodutos de cana-de-açúcar, como melado e rapadura. A região Sul do Brasil apresenta-se como uma nova fronteira agrícola para o cultivo da cana-de-açúcar, pois o zoneamento agroecológico da cana-de-açúcar apontou 1,5 milhões de hectares com aptidão ao cultivo no RS, 182 municípios aptos para o cultivo com fins de produção de etanol e açúcar e 216 municípios com potencial de cultivar cana-de-açúcar para outros fins, situados nas regiões da Depressão Central, Missões e Alto Uruguai. No RS o clima já foi citado como fator limitante para expansão da cultura da cana-de-açúcar, devido à ocorrência de temperaturas baixas e o maior risco de ocorrência de geadas. Isto pode causar danos à cultura como perda de sacarose e diminuição da produtividade, sendo o principal problema para o cultivo da cana-de-açúcar no estado. Por outro lado, o avanço da pesquisa com novos clones e variedades cana-de-açúcar no Estado, avaliou e recomendou para cultivo nove variedades com desempenho superior em relação o material aqui cultivado, as quais apresentam alta a média produtividade agrícola, tolerância às condições de estresse por frio e estiagem, sanidade vegetal e elevado teor de sólidos solúveis. Neste sentido o objetivo deste projeto é dar continuidade a pesquisa com desenvolvimento de novos clones mais tolerantes a estresses bióticos e abióticos com boa produtividade e qualidade, atendendo a demanda dos produtores do Sul do Brasil, adaptados as condições climáticas do Sul do Brasil de ciclo precoce, médio e tardio, com valor genético aditivo superior para tolerância ao frio, tolerantes as principais doenças da cana-de-açúcar de valor genético aditivo superior para tolerância ao frio e o efeito materno.

Objetivo Geral

O objetivo deste projeto é dar continuidade a pesquisa com desenvolvimento de novos clones mais tolerantes a estresses bióticos e abióticos com boa produtividade e qualidade, visando atender a demanda dos produtores do Sul do Brasil, selecionar genótipos de cana-de-açúcar adaptados, as condições climáticas do Sul do Brasil, identificar e selecionar genótipos de cana-de-açúcar superiores com ciclo precoce, médio e tardio, selecionar genitores com valor genético aditivo superior para tolerância ao frio, selecionar genótipos de cana-de-açúcar tolerantes as principais doenças da cana-de-açúcar, identificar pelo menos 15 genótipos superiores com ciclo precoce, médio e tardio, verificar a reação de 10 genótipos (cultivares e clones) com valor genético aditivo superior para tolerância ao frio, verificar o efeito materno para 10 cruzamentos avaliados, selecionar e multiplicar pelo menos 200 genótipos promissores de cana-de-açúcar, identificar 10 genótipos tolerantes as principais doenças da cana-de-açúcar.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADÍLSON HÄRTER101/12/201401/03/2016
ELIS DAIANI TIMM SIMON101/12/201401/03/2016
FRANCIS RADAEL TATTO3031/03/201501/03/2016
MILENA MOREIRA PERES101/12/201401/03/2016
RUDMAR SEITER101/12/201401/03/2016
WILLIAM RODRIGUES ANTUNES101/12/201401/03/2016

Página gerada em 14/12/2018 08:42:07 (consulta levou 0.067653s)