Nome do Projeto
Ontogenia e comportamento na larvicultura do jundiá, Rhamdia quelen
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
19/12/2014 - 20/12/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Zootecnia - Manejo de Animais
Resumo
O jundiá é uma espécie nativa que apresenta bom desempenho no clima subtropical, porém apresenta alguns entraves na larvicultura como canibalismo e heterogeneidade que são agravados quando em alta densidade e/ou alimentação inadequada. Para avaliar as relações entre comportamento e densidade, ontogenia e alimentação e entre alimentação e canibalismo serão realizados quatro ensaios biológicos com larvas de jundiá. O primeiro avaliará padrões e mudanças de comportamento das larvas em duas densidades (2000 ou 8000 larvas/m²) com a presença de dois tipos de refúgios. O segundo avaliará a influência do tamanho da partícula da ração (P=<200micras; M=200-400micras; G=400-600 e MG=200-600micras) sobre a taxa de canibalismo bem como as proporções de tamanho entre presa e predador. O terceiro avaliará o desempenho e níveis de cortisol das larvas criadas em hapas com 0, 1, 2 ou 3 andares de modo a variar a densidade pelo aumento da área de fundo. Este experimento também testará a eficiência do dispositivo de auto-classificação construído com base nos resultados de comportamento do primeiro ensaio biológico. E o último avaliará a ontogenia e atividade enzimática digestiva das larvas alimentadas com 12 dietas sendo 8 rações formuladas à base de farinha de vísceras de aves e levedura de cana para conterem 46% de PB, 12% EE e 3.800 KcalED/Kg nas quais serão acrescentados ou não nutrientes essenciais de rápida absorção e/ou complexo enzimático. Três das rações anteriores serão fornecidas juntamente com alimento vivo (rotíferos) e uma dieta à base somente de alimento vivo. O conjunto de avaliações permitirá verificar a área mínima necessária por larva, a idade que inicia a procura por refúgio, a máxima heterogeneidade permitida para que não ocorra canibalismo, estratégia alimentar e tipo de alimento que melhor colabore com a ontogenia e desenvolver hapa com dispositivo de auto-classificação. Assim, o objetivo deste projeto é desenvolver práticas de manejo e alimentação específicas para o jundiá na fase de larvicultura

Objetivo Geral

Avaliar o comportamento e ontogenia de larvas de jundiá para desenvolver estratégias de manejo e alimentação a fim de melhorar o desempenho e diminuir o canibalismo, heterogeneidade e mão de obra.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAROLINA GAYA MACHADO819/12/201420/12/2015
CRISTIANO COSTENARO FERREIRA4019/12/201420/12/2015
DAIANE MACHADO SOUZA219/12/201420/12/2015
FERNANDA BRUNNER HAMMES819/12/201420/12/2015
GUSTAVO JACO HARTMANN819/12/201420/12/2015
JUVENCIO LUIS OSORIO FERNANDES POUEY119/12/201420/12/2015
PAULO LEONARDO SILVA OLIVEIRA819/12/201420/12/2015
RODRIGO RIBEIRO BEZERRA DE OLIVEIRA819/12/201420/12/2015
VILSON BORBA PINTO419/12/201420/12/2015

Página gerada em 18/09/2019 04:29:49 (consulta levou 0.079338s)