Nome do Projeto
Mapeamento e estimativa da área de culturas agrícolas por meio de imagens de satélite
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/04/2015 - 31/03/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Sensoriamento Remoto
Resumo
As estimativas de áreas agrícolas brasileira são feitas principalmente a partir de informações coletadas junto a agentes ligados ao setor. Grande parte destas informações diz respeito aos valores de área cultivada, sem a disponibilização de mapas contendo a localização espacial dos talhões. Estes são de suma importância não só por facilitarem o planejamento da logística da cadeia produtiva, mas por serem um dos insumos a estudos que analisem ambientalmente o impacto da atividade agrícola. Neste contexto, as imagens de sensoriamento remoto vêm demonstrando potencial para a identificação e o mapeamento dos cultivos. Isto em função da particular resposta espectral da vegetação frente aos demais alvos representados nas imagens. Além da possibilidade de identificação de algumas culturas, essas imagens podem fornecer indicativos sobre os períodos de preparo do solo/emergência, pleno desenvolvimento e senescências das plantas. Neste projeto busca-se principalmente aprimorar e desenvolver metodologias que deem subsídio à identificação, ao mapeamento e a estimativa da área ocupada por culturas agrícolas via imagens de média e moderada resolução espacial, a partir de interpretação visual e da análise do perfil espectro-temporal dos cultivos. Como objetivo complementar, busca-se como estudo de caso o diagnóstico espaço-temporal de algumas áreas agrícolas no que tange à dinâmica dos talhões, sua caracterização em função de informações de classes de solo e declividade, bem como da época aproximada da sua conversão em agricultura. Tais metodologias poderão servir de subsídio aos agentes tomadores de decisão e vem de encontro com a necessidade crescente de obtenção de mapas e informações confiáveis e atualizadas da safra agrícola. O diagnóstico espaço-temporal dos talhões agrícolas como estudo de caso permitirá, preliminarmente, verificar a ocorrência e a dinâmica da atividade agrícola com relação aos aspectos relacionados às características de relevo, solos, bem como a análise de mudanças do uso/cobertura do solo. Este diagnóstico, por exemplo, serve de subsídio para futuros estudos que analisem os impactos ambientais da atividade agrícola.

Objetivo Geral

O objetivo central desta proposta é mapear e estimar a área plantada com culturas agrícolas a partir de imagens de satélite.
Tem-se como meta principal aprimorar e desenvolver metodologias que deem subsídio à identificação, ao mapeamento e a estimativa da área ocupada por culturas agrícolas a partir de imagens obtidas por sensores ópticos a bordo de satélites orbitais, especialmente aquelas de média e moderada resolução espacial.
Como objetivo complementar, busca-se como estudo de caso o diagnóstico espaço-temporal de algumas áreas agrícolas no que tange à dinâmica dos talhões, sua caracterização em função de informações de classes de solo e declividade. Além disso, buscar-se-á, ainda, utilizando-se das imagens de satélite, identificar o anterior uso/ocupação do solo pelas culturas, bem como a época aproximada da sua conversão em agricultura.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALINE WARNKE HIPÓLITO2001/04/201531/03/2017
CHARLES ZANOVELLO BALDI501/04/201531/03/2017
ENIO EGON SOSINSKI JUNIOR101/04/201531/03/2017
ENIO EGON SOSINSKI JUNIOR101/04/201531/03/2017
FIORAVANTE JAEKEL DOS SANTOS201/04/201531/03/2017
GABRIEL DA SILVA LEMOS2001/04/201531/03/2017
JOSE MARIA FILIPPINI ALBA101/04/201531/03/2017
JOSE MARIA FILIPPINI ALBA101/04/201531/03/2017
LUIS CARLOS NUNES WEYMAR JÚNIOR2001/04/201531/03/2017
ROGERS ADEMIR DRUNN PEREIRA201/04/201531/03/2017
SERGIO LEAL FERNANDES201/04/201531/03/2017
SUELEN CRISTINA MOVIO HUINCA201/04/201531/03/2017

Página gerada em 24/08/2019 19:52:11 (consulta levou 0.072402s)