Nome do Projeto
Violência no Trabalho da enfermagem e suas implicações para a Saúde Psíquica dos Trabalhadores e para a Cultura de Segurança do Paciente em hospital universitário
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
06/04/2015 - 20/12/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Enfermagem
Resumo
Face ao exposto, o presente estudo ainda buscará focalizar a dimensão qualitativa do objeto de investigação, por meio da percepção do trabalhador sobre as circunstâncias nas quais se constituem a sua saúde e o seu trabalho. Assim, a investigação lança olhares à violência laboral como aspecto de implicação negativa sobre a saúde dos trabalhadores de enfermagem, favorecendo a síndrome de burnout, os transtornos psíquicos menores e repercutindo negativamente sobre a cultura de segurança no contexto dos hospitais da Região Sul do Brasil. Tem como objetivo geral: analisar as implicações da violência no trabalho da enfermagem para a saúde psíquica dos trabalhadores e para a cultura de segurança do paciente em hospital universitário. E objetivos especícifos: Identificar características sociodemográficas e laborais de trabalhadores de enfermagem. Avaliar a ocorrência da violência no trabalho da enfermagem. Avaliar a Síndrome de Burnout, os Distúrbios Psíquicos Menores de trabalhadores de enfermagem e a cultura de segurança do paciente. Verificar associações entre violência no trabalho, Síndrome de Burnout, Distúrbios Psíquicos Menores e cultura de segurança do paciente. Conhecer as percepções dos trabalhadores de enfermagem sobre a violência no trabalho hospitalar, sua saúde psíquica e a cultura de segurança do paciente. A investigação aqui proposta será desenvolvida mediante pesquisa de campo, com delineamento misto, que associa a abordagem quantitativa (do tipo transversal e prospectiva) e qualitativa (do tipo descritiva). O estudo será desenvolvido em quatro Hospitais do Sul do Brasil, configurando-se num estudo multicêntrico. Os sujeitos da pesquisa serão os trabalhadores de enfermagem. Para o levantamento da violência será utilizado o Survey Questionnaire Workplace Violence in the Health Sector, proposto pela Organização Mundial da Saúde, Organização Internacional do Trabalho e de Serviços Públicos e Conselho Internacional de Enfermagem, traduzido e adaptado para a língua portuguesa por Palacius et al. O projeto de pesquisa foi aprovado pela Comissão de Pesquisa (COMPESQ) da Escola de Enfermagem da UFRGS, assim como da Comissão Científica e Comitê de Ética e Pesquisa em Saúde (CEP) do HCPA (nº do parecer de aprovação 73.728).

Objetivo Geral

OBJETIVOS GERAL

Analisar as implicações da violência no trabalho da enfermagem para a saúde psíquica dos trabalhadores e para a cultura de segurança do paciente em hospital universitário.


OBJETIVOS ESPECÍFICOS


Identificar características sociodemográficas e laborais de trabalhadores de enfermagem.

Avaliar a ocorrência da violência no trabalho da enfermagem.

Avaliar a Síndrome de Burnout, os Distúrbios Psíquicos Menores de trabalhadores de enfermagem e a cultura de segurança do paciente.

Verificar associações entre violência no trabalho, Síndrome de Burnout, Distúrbios Psíquicos Menores e cultura de segurança do paciente.

Conhecer as percepções dos trabalhadores de enfermagem sobre a violência no trabalho hospitalar, sua saúde psíquica e a cultura de segurança do paciente.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA CRISTINA PRETTO BÁO1006/04/201520/12/2017
EVELYN ANDRADE DOS SANTOS1006/04/201520/12/2017
FELIPE FERREIRA DA SILVA1006/04/201520/12/2017
FRANCIANE DE OLIVEIRA ALVES1006/04/201520/12/2017
JULIANE DA SILVA DE SOUZA DIETRICH1006/04/201520/12/2017
PAULO ROBERTO BOEIRA FUCULO JÚNIOR1006/04/201520/12/2017
PEDRO MÁRLON MARTTER MOURA1006/04/201520/12/2017
VERIDIANA CORRÊA ÁVILA1006/04/201520/12/2017

Página gerada em 25/01/2021 21:12:53 (consulta levou 0.079740s)