Nome do Projeto
UTILIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE POR PESSOAS USUÁRIAS DE DROGAS NA ZONA DE FRONTEIRA BRASIL - URUGUAI
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/05/2015 - 31/05/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva
Resumo
A garantia de acesso universal aos serviços de saúde constitui mais do que uma organização do Sistema Único de Saúde (SUS), mas um dos elementos centrais do direito à cidadania. Apesar da oferta de tratamento em saúde no Brasil ser garantido a toda população, independente da classe social, independente do nível de complexidade, percebe-se dentre os estudos realizados com pessoas usuárias de drogas, que estes índices estão aquém da sua totalidade. A assistência a usuários de álcool e drogas no país é hoje legalmente reconhecida através da Lei Federal 11.343/06 que contempla a Política Nacional sobre Drogas e fundamentada na constituição de uma rede de serviços. Contudo pesquisas apontam que há barreiras de acesso destas pessoas aos serviços apesar de haver demonstração de interesse em receber algum tipo de tratamento. Desta forma, o objetivo desta pesquisa será o de compreender as experiências de acesso aos serviços de saúde de pessoas que usam drogas na região da fronteira do Rio Grande do Sul com Uruguai. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa a qual utilizará o método de Entrevistas Narrativas e utilizará o Interacionismo Simbólico como percurso teórico-metodologico por ser o que melhor se adapta a compreender fenômenos ditos desviantes da sociedade. O Estudo será realizado em três cidades da fronteira entre Brasil e Uruguai que se caracterizam por possuir serviços de Redução de Danos sendo estas: Uruguaiana, Jaguarão e Santa vitória do Palmar. Este projeto faz parte de uma pesquisa maior conduzida pela Secretaria Nacional de Politicas sobre Drogas (SENAD) que irá realizar o “Monitoramento e avaliação dos efeitos da nova política uruguaia de regulação do mercado de Cannabis sobre a saúde pública e as práticas de consumo de drogas na zona de fronteira entre Brasil e Uruguai” que contará com a colaboração da UFPel e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).

Objetivo Geral

- Compreender as experiências de acesso aos serviços de saúde de pessoas que usam drogas na região da fronteira do Rio Grande do Sul com Uruguai.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA PAULA MÜLLER DE ANDRADE201/05/201531/05/2017
CANDIDA GARCIA SINOTT SILVEIRA RODRIGUES201/05/201531/05/2017
DIOGO HENRIQUE TAVARES401/05/201531/05/2017
DIOGO HENRIQUE TAVARES1201/08/201531/07/2016
EDA SCHWARTZ201/05/201531/05/2016
MICHELE DA SILVA ABOT201/05/201531/05/2017

Página gerada em 29/10/2020 04:17:51 (consulta levou 0.140419s)