Nome do Projeto
Avaliação da qualidade de restaurações em dentes posteriores ao longo da vida: um estudo numa coorte de nascimentos
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/06/2016 - 03/07/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia
Resumo
As restaurações diretas ainda são a primeira opção para substituir a estrutura dental em dentes posteriores. Esse tipo de restauração tem sido muito empregada também devido ao seu bom desempenho clínico. Por muito tempo acreditou-se que as propriedades dos materiais restauradores eram as principais responsáveis na longevidade das restaurações diretas. Ao longo do tempo a literatura tem reportado que além do material, fatores relacionados aos pacientes e aos operadores também são potenciais fatores de risco para a falha de restaurações. Entretanto, ainda é escassa a investigação do papel de determinantes mais distais, como características socioeconômicas, na longevidade das restaurações. Coortes de nascimentos provêm dados confiáveis sobre exposições e desfechos ocorridos ao longo da vida, o que é difícil de determinar através de outros desenhos de estudo. O objetivo desse trabalho será avaliar a qualidade das restaurações diretas em dentes posteriores dos indivíduos da coorte de 1982, aos 31 anos de idade, analisando a incidência de falhas nos últimos 7 anos e sua associação com determinantes individuais e clínicos experimentados ao longo da vida dos indivíduos. Uma amostra de 900 indivíduos pertencentes à coorte dos nascidos vivos em 1982, em Pelotas, RS, Brasil será visitada para realização de exame bucal e aplicação de questionário contendo questões a respeito de saúde bucal e acesso à serviços odontológicos. O desfecho estudado será a falha de restaurações diretas e a doença periodontal. As variáveis de exposição incluíram características demográficas, socioeconômicas, comportamentais e clínicas. Também serão utilizados dados de levantamentos já realizados na mesma amostra. Para a análise dos dados será utilizado o software STATA versão 11.0. Será realizada uma análise descritiva para determinar a frequência relativa e absoluta das variáveis relativas às restaurações. Para análise dos fatores associados à qualidade das restaurações serão utilizados modelos de regressão de Poisson multinível, considerando efeitos mistos e dois níveis de organização das variáveis: nível dentário (nível 1) e nível individual (nível 2). A análise da associação entre a presença de restaurações proximais e doença periodontal também será realizada por modelos de regressão multinível, onde mais um nível de organização hierárquica de variáveis será incorporado ao modelo de análise dos dados: nível periodontal (nível 1), nível dentário (nível 2) e nível individual (nível 3).

Objetivo Geral

2.1 Objetivo geral
Avaliar a qualidade das restaurações diretas em dentes posteriores dos indivíduos da coorte de 1982, aos 31 anos de idade, analisando a incidência de falhas nos últimos 7 anos e sua associação com determinantes individuais e clínicos experimentados ao longo da vida dos indivíduos.
2.2 Objetivos específicos
• Avaliar a associação entre a falha das restaurações e fatores clínicos relacionados à restauração (tipo de material, extensão da restauração e tipo de dente).
• Avaliar a associação entre a falha das restaurações e fatores individuais demográficos e socioeconômicos (cor da pele, escolaridade, renda), comportamentais (hábitos de higiene, utilização de serviços odontológicos) e clínicos (presença de cárie, distúrbios oclusais e doença periodontal).
• Avaliar a associação entre doença periodontal e restaurações localizadas em superfície dentária proximal.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CATARINA BORGES DA FONSECA CUMERLATO1201/08/201431/07/2016
CATARINA BORGES DA FONSECA CUMERLATO215/05/201415/05/2015
FLAVIO FERNANDO DEMARCO115/05/201431/05/2016
KAUÊ FARIAS COLLARES415/05/201431/05/2016

Página gerada em 25/09/2020 07:11:33 (consulta levou 0.075861s)