Nome do Projeto
Desenvolvimento de uma máquina para execução de Raleamento em Faixas para o semiárido brasileiro: Projeto Informacional, Conceitual e Detalhado
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
05/05/2015 - 03/09/2018
Unidade de Origem
Área CNPq
Engenharias - Engenharia Mecânica - Projetos de Máquinas
Resumo
A agricultura familiar é responsável por uma parcela importante da produção agrícola do país, entretanto a mesma se depara com uma deficiência no que tange às máquinas agrícolas necessárias para suprir suas reais necessidades, deste modo, muitas atividades são executadas manualmente despendendo muito tempo e esforço, fazendo com que a produtividade seja reduzida. No semi-árido, a agricultura ainda é praticada utilizando o sistema tradicional de desmatamento e queimada, que configuram modelos extrativistas e predatórios. Atualmente estão se buscando alternativas sustentáveis e produtivas para os agricultores da Caatinga, como os Sistemas Agroflorestais Pecuários. Estes estão alicerçados em três principais atividades: agricultura, pecuária e silvicultura. A principal vantagem deste sistema é o aumento da produtividade agrícola (grãos/ha/ ano) e pecuária de forma sustentável e com mínimo uso de insumos externos. Segundo Cavalcante 2012, o raleamento é uma metodologia sustentável e pode aumentar consideravelmente a produtividade para os pequenos produtores. Um dos tipos de raleamento é o em Faixas que consiste em preservar todas árvores nativas localizadas numa faixa (20 a 30 metros) e gerar ruas entre estas faixas (15 metros), que são feitas através de desmatamento das árvores que são cortadas até a raiz (na base das plantas) e os restos são picotados em pequenas partículas. Para a aplicação deste conceito de Raleamento, as práticas manuais de corte de árvores exigem uma quantidade grande de pessoas e demandam um tempo considerável. Uma solução para este problema é projetar uma máquina acionada por tratores utilizados na agricultura do semi-árido. A base da metodologia, para o desenvolvimento do projeto da máquina, é fundamentada em um modelo de fases o qual se divide em quatro etapas: projeto informacional, projeto conceitual, projeto preliminar e projeto detalhado. Após o detalhamento realizar-se-á um protótipo para prever o comportamento funcional do produto, onde serão executados testes de campo.

Objetivo Geral

Objetivo geral:
Desenvolver projetos informacional, conceitual, preliminar e detalhado de uma máquina viável para os pequenos agricultores da região do semi-árido para execução de raleamento em faixas do bioma Caatinga.

Objetivos específicos:
Identificar o tipo de vegetação (tipo de árvores, espessura média do tronco, etc.) existente na região dos agricultores familiares da região do semi-árido, para determinar os parâmetros de corte para a máquina.
Projetar e analisar os princípios de solução mais importantes para o desenvolvimento do projeto.
Projetar uma máquina que possa ser utilizada por tratores com potência condizente com os agricultores Familiares da região;
Projetar uma máquina com um custo apropriado para os agricultores.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANGELO VIEIRA DOS REIS105/05/201503/09/2018
CÉSAR SILVA DE MORAIS505/05/201503/09/2018
CÉSAR SILVA DE MORAIS1201/08/201531/07/2016
FABRICIO ARDAIS MEDEIROS105/05/201503/09/2018
FELIPE CRUZ BORGES1201/08/201631/07/2017
LUCAS MARTINHO BRANDT1201/09/201731/07/2018
LUCAS MOLZ LARA505/05/201503/09/2018
MAURO FERNANDO FERREIRA105/05/201503/09/2018
MÁRCIO WALTZER TIMM2005/05/201503/09/2018
PETER CORRÊA LOPES1201/08/201731/08/2017
RICARDO BURIN REFFATTI505/05/201503/09/2018
ROBERTO LILLES TAVARES MACHADO105/05/201503/09/2018

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 20.000,00

Página gerada em 12/11/2019 11:47:50 (consulta levou 0.085189s)