Nome do Projeto
Métodos de monitoramento de saúde peri-implantar durante o processo de ósseointegração
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
20/04/2015 - 28/04/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia
Resumo
Diante de inúmeros métodos para monitorar a saúde peri-implantar e de avaliar o sucesso clínico da reabilitação com implantes osseointegráveis, há ainda a necessidade de relacionar a evolução e sobrevivência desta intervenção reabilitadora aos parâmetros de ordem imunológica, biológica e morfológica. Este estudo clínico longitudinal de curta duração tem por objetivo monitorar os tecidos peri-implantares durante o processo de cicatrização e após a osseointegração por meio de análise clínica e radiográfica, da quantificação de citocinas pró-inflamatórias no fluido peri-implantar e do mapeamento da estabilidade dos implantes. Para tanto, 30 voluntários desdentados totais serão recrutados e após assinarem o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido serão submetidos a cirurgia de instalação de 2 implantes de diâmetro reduzido na mandíbula para ancoragem de “overdentures” implantosuportadas. Posteriormente, o processo saúde e doença dos tecidos peri-implantares será monitorado durante 6 meses pós-operatórios através de indicadores clínicos e radiográficos. Coletas do fluído peri-implantar assim como a avaliação da estabilidade dos implantes por meio de análise de frequência de ressonância serão realizadas após 07, 15, 30, 90 e 180 dias. Os dados obtidos serão tabulados no programa estatístico Stata® (Versão 11.2, StataCorp LP, College Station, Texas, EUA). O método estatístico será escolhido com base na aderência ao modelo de distribuição normal e igualdade de variância. Para todos os testes será considerado estatisticamente significativo o valor p<0,05.

Objetivo Geral

O objetivo geral deste estudo longitudinal será monitorar os tecidos peri-implantares durante o processo de cicatrização e ao longo do processo de osseointegração através de análise clínica e radiográfica, da quantificação de citocinas pró-inflamatórias e mapeamento da estabilidade dos implantes em pacientes desdentados mandibulares após a reabilitação com “overdentures” implantosuportadas.
Os Objetivos Específicos consistem em:
- Monitorar clinicamente a cicatrização dos tecidos peri-implantares durante 6 meses pós-operatório através da análise dos seguintes parâmetros: índice de placa, inflamação peri-implantar, profundidade e sangramento a sondagem;
-Avaliar o nível ósseo peri-implantar através de exame radiográfico periapical e panorâmico;
- Quantificar os níveis de citocinas pro-inflamatórias através de ensaio imunohistoquímico;
- Avaliar a estabilidade primária e secundária dos implantes por meio de análise de frequência de ressonância nos seguintes intervalos: “baseline” (T0 – instalação), 7, 15, 30, 90 e 180 dias.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AMÁLIA MACHADO BIELEMANN1220/04/201528/04/2017
FABIO RENATO MANZOLLI LEITE108/09/201528/04/2017
RAISSA MICAELLA MARCELLO MACHADO420/04/201528/04/2017

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CNPqR$ 30.000,00

Página gerada em 18/09/2019 23:38:53 (consulta levou 0.059425s)