Nome do Projeto
Felicidade e Depressão influenciam a saúde bucal das gestantes? Um estudo de base populacional.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
11/05/2015 - 31/08/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia
Resumo
O estudo da felicidade é realizado como um fenômeno separado à depressão e problemas de internalização. Uma boa percepção da saúde bucal está associada à uma percepção positiva de felicidade e, inversamente associada à presença de depressão. O objetivo deste estudo será avaliar a influência da depressão e da felicidade em desfechos de saúde bucal de gestantes. Para tal, um estudo transversal de saúde bucal, aninhado a Coorte de Nascimentos de 2015 será realizado. Serão convidadas a participar deste estudo todas as mulheres residentes na zona urbana da cidade de Pelotas-RS com diagnóstico de gravidez confirmada e parto previsto para o ano de 2015 nas maternidades da cidade. A coleta de dados consistirá na realização de entrevista com a gestante e um exame de saúde bucal durante o segundo trimestre de gestação (entre a 16ª e 24ª semana de gestação). Durante a aplicação do questionário, serão coletadas informações sociodemográficas; dados do pré-natal; história reprodutiva; uso de medicamentos; morbidades na gestação; dados antropométricos; e hábitos de vida; sintomas depressivos durante o pré-natal e estado de felicidade. O questionário também incluirá um bloco de saúde bucal, com questões sobre hábitos de higiene bucal, auto percepção da necessidade de tratamento odontológico, orientações de cuidados de saúde bucal da mãe e da criança, e utilização de serviços de saúde bucal antes e durante a gestação. O exame clínico de saúde bucal incluirá: cárie dentária (CPO-S), sangramento gengival, cálculo dentário, profundidade de sondagem, nível gengival e perda de inserção periodontal. Todos os examinadores e entrevistadores serão previamente treinados e calibrados. O software STATA versão 12.0 será utilizado para análise dos dados. Será realizada uma análise descritiva para determinar a frequência relativa e absoluta das variáveis. As associações entre variáveis serão analisadas através de análise bivariada (teste Qui-quadrado para variáveis categóricas nominais e Qui-quadrado de tendência linear para variáveis ordinais). Na análise multivariada, será utilizada regressão de Poisson com variância robusta, estimando-se as razões de prevalência e seus intervalos de confiança de 95%. Não há estudos que avaliem se os sintomas depressivos e a felicidade estão associados com a saúde bucal em mulheres grávidas a nível populacional, justificando-se a realização deste estudo.

Objetivo Geral

2.1. Objetivo geral
- Avaliar a influência da depressão e da felicidade em desfechos de saúde bucal de gestantes.

2.2. Objetivos específicos
- Avaliar a associação de depressão e felicidade com o uso de serviços odontológicos durante a gestação.
- Avaliar a associação de depressão e felicidade com a cárie dentária nas gestantes.
- Avaliar a associação de depressão e felicidade com doença periodontal.
- Avaliar a associação de depressão e felicidade com sangramento gengival.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
FLAVIO FERNANDO DEMARCO111/05/201531/08/2017
GABRIEL PINHEIRO GUERREIRO1201/08/201531/07/2017
MARIANA GONZALEZ CADEMARTORI411/05/201531/08/2017

Página gerada em 21/09/2020 17:05:40 (consulta levou 0.073927s)