Nome do Projeto
CULTURAS DA PEQUENA INFÂNCIA E CULTURAS PRODUZIDAS PARA A PEQUENA INFÂNCIA: O QUE DIZ A PRODUÇÃO ACADÊMICA BRASILEIRA E PORTUGUESA DAS CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS?
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
03/03/2016 - 03/03/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Resumo
O presente projeto intenta realizar um levantamento da produção brasileira e portuguesa com relação ao que é dito pelas ciências humanas e sociais acerca das culturas da pequena infância e culturas produzidas para a pequena infância. Para tal, optou-se por reter como arco temporal o período compreendido entre 2000 e 2015. A análise de tais dados permitirá discernir grandes tendências longitudinais, estruturantes da produção científica nos dois países sobre os bebês e crianças bem pequenas, pesquisa que até o momento ainda não foi realizada. Procurar-se-á restituir e problematizar, para o período em análise, a configuração das temáticas formuladas pela investigação, as metodologias utilizadas, tomando ainda em consideração o mapeamento das instituições universitárias onde esta produção se localiza. Por fim, analisaremos o corpus obtido buscando compreender qual o enfoque, e quais as perspectivas teóricas e metodológicas adotadas. Por intermédio de uma abordagem qualitativa, far-se-á a categorização e análise das produções identificadas de acordo com os critérios definidos. Os dados bibliográficos significativos (PACHECO, 2006) que irão ser apresentados possibilitarão a identificação e sistematização, de forma atualizada, do conhecimento produzido sobre os bebês e crianças bem pequenas, com incidência nas culturas da pequena infância e culturas produzidas para a pequena infância, um trabalho minuncioso ainda a ser realizado em ambos os países. Em suma, pretende-se apreender os parâmetros-base da construção social de saberes acerca dos bebês e crianças bem pequenas, os quais refletem determinadas concepções de infância e criança. No decorrer da realização deste projeto também tornar-se-á visível o estado da arte relativo à investigação das culturas da pequena infância em Portugal e no Brasil. Por fim, possibilitará, numa perspetiva de médio prazo, constituir-se como uma base para o desenvolvimento de futuras e inovadoras investigações neste domínio.

Objetivo Geral

Problemática central: analisar o que diz a produção das ciências humanas e sociais no Brasil e em Portugal sobre as culturas da pequena infância e culturas produzidas para a pequena infância no período de 2000 até 2015.
Questões norteadoras, sendo que outras poderão surgir ao longo da investigação. São elas:
Quais concepções de bebês e crianças bem pequenas circulam nas produções?
Quais concepções de culturas da pequena infância circulam nas produções? Quais traços/características das culturas da pequena infância são encontrados nas produções?
Quais referenciais teóricos predominam?
Quais metodologias predominam?
Quem está produzindo esses estudos e de onde eles provém?

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAROLINA MACHADO CASTELLI203/03/201603/03/2019
DALIANA LOFFLER203/03/201603/03/2019
ROGERIO COSTA WURDIG415/03/201603/03/2019

Página gerada em 25/10/2020 17:20:59 (consulta levou 0.072436s)