Nome do Projeto
Macrogeometria de implantes e tipo de conexão protética: efeitos sobre a integridade dos tecidos peri-implantares
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
17/08/2015 - 18/09/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia
Resumo
Tratamento reabilitador com implantes dentários é uma solução previsível e bem sucedida para ausências dentárias. A macrogeometria do implante está intimamente relacionada ao desenho do colar, conexão protética, formato das roscas e do corpo do implante. Diferentes desenhos de implante podem gerar diferentes concentrações de tensão e deformação no osso. Informações clínicas sobre a influência desses parâmetros no comportamento do implante e do osso peri-implantar ainda são escassas no que se refere a dinâmica de remodelação óssea pós carregamento oclusal. O objetivo desse estudo clínico randomizado, e de boca-dividida será avaliar clinicamente a resposta biológica, a estabilidade secundária e a perda óssea peri-implantar de implantes com macrogeometrais e conexões protéticas diferentes na região posterior de mandíbula no primeiro ano de reabilitação protética. Adicionalmente o impacto na vida diária destes pacientes após a reabilitação serão avaliadas. Pacientes selecionados para fazerem parte deste estudo deverão ter pelo menos 2 ausências dentárias posteriores, em diferentes hemi-arcos mandibulares. Uma amostra representativa de 25 pacientes será necessária com cálculo amostral baseado em estudos clínicos longitudinais prévios com objetivo similar. Um hemi-arco posterior da mandíbula receberá implante cilíndrico conexão hexágono esterno e o outro implante cônico conexão tipo cone morse, ambos. Todas as próteses serão aparafusadas e removidas para análise dos parâmetros ligados a saúde peri-implantar nos intervalos 3, 6, 9 e 12 meses. Os dados obtidos serão tabulados no programa estatístico Stata® (Versão 11.2, StataCorp LP, CollegeStation, Texas, EUA). O método estatístico será escolhido com base na aderência ao modelo de distribuição normal e igualdade de variância. Para todos os testes será considerado estatisticamente significativo o valor p<0,05.

Objetivo Geral

Avaliar clinicamente o comportamento biológico, a estabilidade secundária e a perda óssea peri-implantar de implantes de macrogeometrias diferentes (corpo e conexão protética) instalados na região posterior de mandíbula no primeiro ano de reabilitação protética.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AMÁLIA MACHADO BIELEMANN117/08/201518/09/2017
ANDRESSA DE OLIVEIRA RICKES217/08/201518/09/2017
FABIO RENATO MANZOLLI LEITE217/08/201518/09/2017
MARINA DE MATOS MADRUGA417/08/201518/09/2017

Página gerada em 18/09/2019 15:13:19 (consulta levou 0.071970s)