Nome do Projeto
Estudo prospectivo e retrospectivo de doenças pulmonares granulomatosas em gatos (felis catus) na região Sul do RS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
20/10/2015 - 20/10/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Resumo
O aumento da população de gatos e da proximidade com as pessoas propicia a disseminação de doenças e a transmissão de enfermidades infecciosas e, também, de zoonoses, muitas delas pouco conhecidas, representando um risco para a saúde humana e dos animais, já que eles podem atuar como reservatórios e disseminadores de doenças (FIGUEIREDO et al., 2001). Dentre estas enfermidades destacam-se aquelas que cursam com alterações pulmonares granulomatosas como as causadas por alguns fungos e bactérias importantes. As micobaterioses, são infecções causadas por Mycobacterium sp.; geralmente raras em cães e gatos, mas estão em ascendente crescimento junto ao aumento de seres humanos imunodeprimidos. O mesmo vem acontecendo com os animais que passam por terapias imunossuspressoras. A forma clínica da micobateriose pode variar dependendo do Mycobacterium causador, da forma de entrada do agente ao organismo e das condições orgânicas do hospedeiro. Várias espécies de microbactérias que causam doenças em cães e gatos são consideradas zoonóticas, levando a problemas de saúde pública. Por isso deve-se ter muito cuidado com os tratamentos dos animais infectados, considerando a condição de animais de companhia junto a seres humanos já imunodeprimidos. Considerando-se as diferenças regionais, principalmente ligadas à prevalência de determinadas etiologias/doenças que acometem felinos, tornam-se necessários estudos abrangentes que permitam estabelecer as principais lesões e suas associações dentro de um contexto diagnóstico. Dessa forma, o presente projeto busca determinar, através de um estudo retrospectivo e prospectivo, a prevalência das doenças granulomatosas pulmonares diagnosticadas em gatos na região sul do Rio Grande do Sul. Já que no Laboratório Regional de Diagnóstico (LRD) da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal de Pelotas (FV/UFPel), entre os anos de 1978 e 1999, foram encaminhados ao LRD 444 materiais e/ou cadáveres de felinos para exame histopatológico, e entre os anos de 2000 e 2014, foram encaminhados 987 materiais e/ou necropsias, com um aumento de 122,3%. Isso sugere a necessidade de estudos específicos nesta espécie.

Objetivo Geral

Realizar um levantamento nos protocolos de materiais de felinos recebidos no LRD entre os anos de 2000 e 2015, e realizar estudo prospectivo de necropsias e biópsias de felinos realizadas entre 2016 e 2017, com o objetivo de determinar a ocorrência das doenças pulmonares granulomatosas que acometem os felinos, visando principalmente as zoonóticas como a tuberculose devido a sua alta casuística nos dias de hoje.
Determinar a possível causa das lesões pulmonares observadas nos felinos estudados.
Informar a comunidade a respeito do papel dos felinos (gatos) como hospedeiros suscetíveis e reservatórios epidemiológicos de doenças, mantendo e transmitindo a doença no ecossistema para os seres humanos e outras espécies domésticas e selvagens. Bem como relatar os principais sinais clínicos e diagnostico de determinadas zoonoses como a tuberculose nestas espécies.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAROLINA BUSS BRUNNER220/10/201520/10/2018
CRISTIANO SILVA DA ROSA220/10/201520/10/2018
DAIANE DA MOTTA XAVIER120/10/201520/10/2018
DANIEL MACHADO ALVES120/10/201520/10/2018
ELIZA SIMONE VIEGAS SALLIS220/10/201520/10/2018
HAIDE VALESKA SCHEID120/10/201520/10/2018
MARGARIDA BUSS RAFFI220/10/201520/10/2018
ROSIMERI ZAMBONI120/10/201520/10/2018
SARA PATRON DA MOTTA220/10/201520/10/2018

Página gerada em 22/09/2020 13:50:57 (consulta levou 0.080724s)