Nome do Projeto
Evolução temporal das desigualdades do estado nutricional de crianças menores de cinco anos em países da América Latina e Caribe
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
22/10/2015 - 28/02/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva
Resumo
Na Assembleia do ano 2000, os representantes de 189 estados membros das Nações Unidas, aprovaram a Declaração do Milênio, no qual foram estabelecidos oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), a serem atingidos como prazo em 2015, tendo como línea de base o ano 1990. Estes objetivos englobavam as áreas de pobreza, saúde e nutrição, educação, igualdade de gênero e o meio ambiente.67 O ODM 1 consiste na busca pela erradicação da pobreza extrema e da fome. Indicadores nutricionais como baixo peso para idade e baixa altura para idade, que relacionados diretamente com o estado nutricional, 68 podem ser utilizados para avaliar a performance dos países signatários durante este período de tempo. Os países da América Latina e Caribe estão em diferentes etapas dos processos de transição demográfica, epidemiológica e nutricional. O evidente desenvolvimento econômico desta região pode não ter ocorrido de maneira semelhante entre os grupos populacionais.34 As políticas adotadas em países desta região visando a melhora do estado nutricional tiveram grandes avanços em relação a diminuição da desnutrição,49 porém esta redução não ocorreu igualmente nas diferentes origens étnicas, de acordo com local de residência ou indicadores socioeconômicos. Um estudo realizado por Victora et al. 7 em 2008, demostrou a importância do estado nutricional nos primeiros anos de vida. A desnutrição em fases precoces da vida pode ter consequências futuras na saúde e no capital social dos indivíduos (escolaridade e nível socioeconômico, por exemplo). Além disso, o sobrepeso e obesidade são corresponsáveis por algumas doenças crônicas como as cardiovasculares, sendo a principal causa de morte nos países da América Latina e Caribe desde 2001.15 A avaliação das tendências das desigualdades do estado nutricional assume uma grande importância na agenda pos-2015, já que avaliar as mudanças ou os avanços na promoção da equidade em indicadores nutricionais, permite identificar grupos mais vulneráveis para possível planejamento de políticas públicas e estratégias voltadas para a melhora da nutrição infantil.

Objetivo Geral

Objetivo geral

Descrever a evolução temporal das desigualdades do estado nutricional entre crianças menores de cinco anos nos países da América Latina e Caribe.

Objetivos específicos
-Avaliar a evolução das desigualdades do estado nutricional segundo área de residência.
-Avaliar a evolução das desigualdades do estado nutricional segundo o quintil de riqueza dentro de cada uma das áreas de residência.
-Avaliar a evolução das desigualdades do estado nutricional segundo sexo e escolaridade da mãe.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
MARIA DEL PILAR FLORES QUISPE422/10/201528/02/2017

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
Wellcome Trust FoundationR$ 60.000,00

Página gerada em 16/12/2018 18:54:50 (consulta levou 0.081780s)