Nome do Projeto
Métodos minimamente invasivos para castração de machos bovinos: Impactos sobre o bem estar e produtividade dos animais
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
29/02/2016 - 15/03/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Resumo
A castração de machos bovinos é uma prática mundialmente difundida por propiciar a eliminação de comportamento agressivo e melhorar o acabamento das carcaças. O método mais eficiente e mais difundido é a extirpação cirúrgica dos testículos (orquiectomia), porém, a dor induzida pelo procedimento e as complicações pós-operatórias freqüentes determinaram a necessidade de desenvolvimento de técnicas menos invasivas. Dentre estas, a castração por corte no aporte sanguíneo pelo esmagamento de vasos (Burdizzo®) ou estrangulamento com anéis ou tiras de borracha, se mostraram determinantes de desconforto por períodos mais prolongados do que daqueles submetidos à cirurgia. Uma alternativa aos processos físicos foi a utilização do método imunológico empregando vacina bloqueadora da produção de testosterona, porém, o efeito temporário e relatos de que uma parcela dos animais não responde adequadamente a vacina determinam a necessidade do desenvolvimento de outras formas de abordagem ao problema. Como alternativa aos métodos físicos e imunológico, existe o método químico, baseado na aplicação de soluções hipertônicas de sais não tóxicos. Trabalhos preliminares com bovinos e concluídos em outras espécies sinalizam que a injeção intratesticular (IIT) de soluções hipertônicas de Cloreto de sódio (NaCl) ou cálcio (CaCl2) em bovinos jovens pode atender aos pré-requisitos de obtenção de altos índices produtivos associado a preservação do bem estar dos animais. Desta forma, este trabalho visa determinar o impacto da IIT de soluções de NaCL ou CaCl2 sobre indicadores de bem estar animal em machos bovinos jovens.

Objetivo Geral

Determinar os parâmetros de bem estar animal em bezerros submetidos a orquiectomia ou castração química através da IIT de soluções concentradas de NaCl ou CaCl2 nas primeiras semanas de vida e o rendimento produtivo dos diferentes grupos em relação a um grupo castrado imunologicamente na fase de terminação.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BERNARDO GARZIERA GASPERIN220/10/201528/02/2016
CARINE DAHL CORCINI120/10/201528/02/2016
CRISTINA SANGOI HAAS120/10/201528/02/2016
EDENARA ANASTÁCIO DA SILVA120/10/201528/02/2016
LEONARDO GARCIA OLIVEIRA420/10/201528/02/2016
RAFAEL GIANELLA MONDADORI120/10/201528/02/2016
THOMAZ LUCIA JUNIOR120/10/201528/02/2016

Página gerada em 17/10/2019 15:08:37 (consulta levou 0.073313s)