Nome do Projeto
A influência da exposição e retirada de uma dieta de cafeteria sobre os parâmetros comportamentais, metabólicos e neuroquímicos de ratos Wistar
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
31/05/2016 - 31/12/2018
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Nutrição
Resumo
Nas últimas décadas o Brasil vem passando por um processo de transição nutricional, caracterizado pelo rápido declínio da prevalência de desnutrição e elevado aumento das taxas de sobrepeso/obesidade. E sabe-se que hábitos alimentares desregrados, como por exemplo, o consumo frequente de fast food, elevado consumo de alimentos com alto teor calórico e de gordura, alimentos com baixo teor de fibra e ingestão excessiva de bebidas adoçadas são fatores de risco para obesidade. O objetivo é avaliar a influência da exposição crônica e retirada permanente de uma dieta de cafeteria sobre parâmetros comportamentais, metabólicos e neuroquímicos em ratos Wistar. .Serão utilizados 36 ratos da linhagem Wistar divididos em três grupos: Grupo Controle (DP) – Ração padrão; Grupo Dieta de Cafeteria (CF), que receberá a dieta até o 70º dia de vida, e o Grupo CF-DC, que receberá CF até o 35º dia de vida e depois receberá DP até o 70º dia. Ao longo do tratamento serão monitorados o consumo de alimentos palatáveis. Antes da eutanásia, os animais serão submetidos a testes comportamentais, como Campo Aberto e Labirinto em Cruz Elevado. Após a eutanásia as dosagens bioquímicas avaliarão os níveis séricos, triacilgliceróis, colesterol total, HDL, LDL e VLDL. Além disso, os níveis de Leptina e BDNF serão mensurados por meio de utilização de kits ELISA. O projeto de pesquisa foi submetido ao Comitê de Ética em Experimentação Animal (CEEA) da UFPel e aprovado sob o parecer n° 1610.

Objetivo Geral

Objetivo geral
Avaliar a influência da exposição crônica e retirada permanente de uma dieta de cafeteria sobre parâmetros comportamentais, metabólicos e neuroquímicos em ratos Wistar.

Objetivos específicos
a. Avaliar o consumo de alimento e ganho de peso dos animais;
b. Determinar o comportamento ansioso utilizando tarefas comportamentais como, campo aberto e labirinto em cruz elevado na idade adulta;
c. Mensurar os níveis séricos de perfil lipídico, leptina e corticosterona ao longo do desenvolvimento;
d. Mensurar os níveis de leptina no hipocampo e córtex pré-frontal ao longo do desenvolvimento;
e. Analisar os níveis de BDNF no hipocampo e córtex pré-frontal ao longo do desenvolvimento;
f. Correlacionar os níveis de leptina e BDNF no hipocampo e córtex pré-frontal com o comportamento ansioso em animais que foram expostos e/ou sofreram retirada de uma dieta de cafeteria.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
FRANCINE TORALLES DARLEY1031/01/201621/12/2016
GABRIELA KURZ DA CUNHA2031/01/201631/12/2018

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
PROAPR$ 1.000,00

Página gerada em 22/01/2020 15:47:39 (consulta levou 0.083680s)