Nome do Projeto
Memória e YouTube: os fantasmas como estratégias na construção de uma linguagem audiovisual
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
11/04/2016 - 31/03/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes - Artes - Cinema
Resumo
A proliferação de imagens em diferentes suportes e meios é uma característica predominante na atual produção audiovisual. Essa potencialidade de mistura é levada ao máximo pela utilização de novas tecnologias que trabalham com arquivos de dados digitais. Neste cenário, há uma facilidade para a reutilização de imagens do passado no presente de diversas maneiras, algo que, de certa forma, faz com que haja um crescente número de fantasmas que passam a habitar os produtos audiovisuais que circulam por diversos meios. Fantasmas são as imagens que sobrevivem de um vídeo para outro, que ficam revivendo ao se atualizarem a todo o momento das mais variadas formas em muitos audiovisuais que circulam pelo Youtube. Assim, proponho algumas reflexões acerca de uma nova linguagem audiovisual que pode pode estar emergindo a partir de alguns vídeos que estão disponíveis no Youtube, os quais parecem ser possíveis pela existência de um meio que age, também, sobre a criação dos vídeos que ali circulam. Trata-se de, ao menos, mais um tipo de fantasma que pretendo pesquisar para compreender como isso pode estar ajudando a criar uma linguagem que está sendo alterada na contemporaneidade.

Objetivo Geral

Um dos objetivos desta pesquisa é estudar como alguns tipos de vídeos do YouTube estão se apropriando de uma linguagem audiovisual já estabelecida e atualizando-a em inéditas formas de expressão a partir de inúmeras repetições. Isso afeta os sentidos que podem ser gerados por quem assiste e, consequentemente, por estes mesmos que virão a produzir seus vídeos.
Outro objetivo deste estudo é contribuir para uma compreensão das mudanças de linguagem que estão ocorrendo no audiovisual na contemporaneidade a partir da circulação de vídeos no YouTube e como isso pode afetar a produção audiovisual no futuro próximo.
Ao final, como produto, esta pesquisa pretende apresentar apontamentos acerca das mudanças na linguagem audiovisual que podem ser verificadas até o momento a partir de determinados tipos de produções que circulam pelo YouTube e que utilizam o próprio meio como uma das bases para a sua construção.
Portanto, a presente pesquisa tem por pretensão refletir acerca do audiovisual contemporâneo do YouTube baseado em fantasmas e apontar possíveis mudanças que já estão ocorrendo na linguagem a partir da observação dessas produções. Como base para isso será utilizada a metodologia das molduras de Kilpp (2010).

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALEXANDRE SEVERO MASOTTI111/04/201631/03/2017
CAMILA ALBRECHT FREITAS211/04/201631/03/2017
PAULO TAKEO ITO JÚNIOR211/04/201631/03/2017
TAÍLA CRISTINE SOLIMAN211/04/201631/03/2017

Página gerada em 14/11/2019 19:52:06 (consulta levou 0.070043s)